BUSCAR
BUSCAR
Acidente
Estudante brasileira morre ao cair em poço de elevador em Buenos Aires
Segundo a mãe de Ana Karolina, a filha foi até o apartamento de alguns amigos comemorar o bom resultado que havia tido em uma prova da faculdade. Ao chamar o elevador para ir embora, a jovem não teria percebido que o elevador não estava parado no andar e caiu do 13º andar
Redação/UOL
10/09/2020 | 12:05

A estudante brasileira Ana Karolina Lara Ferreira Fernandez, 22, morreu após cair em um poço de elevador em Buenos Aires, na Argentina. A jovem estava visitando amigos, o acidente aconteceu na noite de sexta-feira, 4. Karolina havia se mudado para o país para cursar medicina. As informações são do UOL.

Segundo a empresária Silvana Lara Ferreira, mãe de Ana Karolina, a filha foi até o apartamento de alguns amigos comemorar o bom resultado que havia tido em uma prova da faculdade. Ao chamar o elevador para ir embora, a jovem não teria percebido que o elevador não estava parado no andar e caiu do 13º andar.

“Ela estava feliz porque havia acertado todas as questões da prova de patologia e foi comemorar com os amigos. Foi uma fatalidade. Não há sentimento que explique o que estamos vivendo. Tem momento que parece que é mentira. É uma dor terrível”, diz a mãe.

Corpo ainda não tem data para chegar

Familiares e amigos criaram campanhas nas redes sociais e uma vaquinha virtual para trazer o corpo da estudante para ser sepultado em Chapadão do Céu (GO), cidade onde vive sua família. O valor do translado da capital argentina até Guarulhos (SP) é de 5 mil dólares – cerca de R$ 25 mil. O valor foi arrecadado em menos de 12 horas.

Segundo a família, toda a documentação necessária para a liberação do corpo de Ana Karolina já foi enviada ao país vizinho, mas o translado ainda não tem data para ser realizado.

“É muita burocracia e com a pandemia as coisas ficam mais devagar. Meu cunhado foi para São Paulo e com a ajuda do consulado e do Itamaraty estamos tentando agilizar esse processo”, explica Silvana.

Sonho de ser médica
Ana Karolina nasceu no interior de São Paulo e ainda criança mudou-se com a família para Chapadão do Céu, no sudoeste de Goiás. Em busca de realizar o sonho de ser médica, a jovem se mudou para a Argentina há quatro anos para estudar na Universidade de Buenos Aires.

“Aqui no Brasil uma faculdade de medicina é muito cara, então ela fez o processo seletivo lá e foi aprovada em uma universidade pública. Ela queria se especializar e depois voltar para o Brasil ou seguir carreira em Portugal, já que o avô dela é de lá”, lembra a mãe.

Hoje, durante as aulas — que estão sendo ministradas online — alunos e professores fizeram um momento de silêncio em homenagem à estudante.

Nas redes sociais diversos amigos de Ana Karolina prestam homenagens à jovem desde o dia do acidente. A reportagem do UOL conversou com dois deles. Ambos pediram para não se identificarem, mas destacaram o quanto a estudante era querida.

“Ela era uma pessoa incrível, maravilhosa, por onde passava ela arrancava sorrisos. Uma estrelinha que agora brilha lá em cima”, disse uma pessoa próxima.

“Um ser iluminado que sempre estava disponível para ajudar. Não tinha como não notar a Karol, onde ela chegava ela chamava atenção pela sua alegria e descontração”, acrescentou outra.

*Com informações do UOL

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.