BUSCAR
BUSCAR
Saúde

Caminhada 5 vezes por semana pode tratar dor na lombar, diz estudo

Pesquisa publicada na The Lancet indicou que caminhada simples pode ajudar a tratar desconfortos que não têm origem conhecida
Redação
21/06/2024 | 19:58

A caminhada é um exercício simples e democrático. Podendo ser realizada por quase qualquer pessoa, sem importar muito o condicionamento físico, a atividade física faz bem para a saúde.

Pesquisas anteriores já demonstraram que a caminhada regular ajuda a evitar problemas cardíacos. Um estudo publicado na The Lancet na quarta-feira 19, porém, aponta um benefício inesperado da prática.

Investigação mostra que a caminhada regular é um tratamento eficaz para combater a dor na lombar / Foto: Getty Images
Investigação mostra que a caminhada regular é um tratamento eficaz para combater a dor na lombar / Foto: Getty Images

A investigação mostra que a caminhada regular é um tratamento eficaz para combater a dor na lombar. A pesquisa feita por cientistas australianos indicou que andar pode impactar o sistema musculoesquelético, mantendo as dores nas costas sob controle.

A pesquisa foi feita com 701 voluntários que tinham experimentado dores entre a última costela e o início dos glúteos e que tenham durado ao menos um dia. Mais de 80% dos participantes eram mulheres com média de idade de 54 anos.

Durante 12 meses, ambos grupos interromperam os tratamentos eventuais que faziam para dores nas costas, como massagens. Neste intervalo, metade das pessoas foi instruída a não fazer nada, apenas repouso.

A outra metade recebeu indicação para fazer caminhadas regulares, além de passar por um programa educacional de seis sessões com um fisioterapeuta. Ele treinou os participantes a fazer caminhadas adequadas e a entender as origens das inflamações lombares.

Os participantes do grupo que caminhava fez o exercício ao menos cinco vezes por semana por pelo menos 30 minutos. Se sentissem dor, eles deviam avisar os fisioterapeutas.

Caminhada reduziu frequência de dores nas costas

Após os 12 meses, os participantes foram acompanhados por mais dois anos para entender impactos futuros da prática. Aqueles que caminharam regularmente levaram em média 208 dias para reportar a primeira recorrência de dor lombar em comparação com 112 dias para o grupo que ficou em repouso.

Os participantes que caminhavam também procuraram a equipe de pesquisadores em média a metade das vezes que o grupo controle. Os voluntários caminharam em média 130 minutos por semana.

“Não sabemos exatamente como a caminhada ajuda a prevenir as dores, mas acreditamos que a atividade física leva a um fortalecimento progressivo das estruturas musculares do corpo, além de levar a um alívio do estresse, com a liberação de endorfinas que fazem nos sentirmos bem”, indica o fisioterapeuta Mark Hancock, da Universidade Macquarie, líder do estudo.

Embora o número total de participantes que experimentaram pelo menos um evento adverso durante o estudo tenha sido semelhante entre os grupos de intervenção e de controle (52% e 54% respectivamente), os fisioterapeutas que participaram do estudo consideraram a caminhada como uma “intervenção acessível e segura que pode afetar positivamente a forma como a dor lombar é tratada”.

Com informações do portal Metrópoles

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Vacina nacional contra Covid está em fase avançada, diz ministra 
Testes clínicos devem começar ainda este ano
12/07/2024 às 22:07
Mortalidade por vírus respiratório em crianças segue alta, diz Fiocruz
Em idosos, mortes estão associadas a gripe, influenza e covid
11/07/2024 às 21:27
Veja como fica lista de medicamentos ofertados pelo Farmácia Popular
Remédios incluídos são para colesterol, Parkinson, glaucoma e rinite
11/07/2024 às 14:05
Em 18 meses, Mais Médicos cresce 81% no Rio Grande do Norte
Desde a posse do presidente Lula, total saltou de 262 para 476
11/07/2024 às 08:47
Anvisa aprova projeto-piloto para bula digital de medicamentos
QR Code nas embalagens vai permitir acesso a informações adicionais
10/07/2024 às 16:10
Novos profissionais do Mais Médicos são incorporados aos municípios do RN
Programa Mais Médico organiza a APS uma vez que ainda existem diversas lacunas assistenciais em vários municípios do estado
10/07/2024 às 15:02
Em 18 meses, Mais Médicos cresce 81,6% no Rio Grande do Norte
Médicos e médicas em atividade se concentram em regiões onde há escassez ou ausência de profissionais de saúde. Novo edital vai contratar mais 3,1 mil profissionais
10/07/2024 às 14:50
Farmácia Popular passa a oferecer 95% dos medicamentos gratuitamente
Economia para usuários pode chegar a R$ 400 por ano
10/07/2024 às 14:13
Estratégia de combate ao mosquito da dengue com larvicida vira política nacional
Objetivo é reduzir população de insetos, sobretudo em grandes cidades
10/07/2024 às 07:42
Ministério implanta rede de atenção à saúde indígena no RN e mais um estado
Com a implementação de Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs) e equipes multidisciplinares nas duas unidades federativas, rede de saúde indígena chega a todos os estados do Brasil
06/07/2024 às 13:19