BUSCAR
BUSCAR
Turismo
‘ATERRISSOU’: Natal está fora dos destinos mais procurados para esta Semana Santa
Destinos mais buscados pelos viajantes foram as capitais São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Recife (PE)

08/04/2022 | 19:00

A Decolar – empresa de viagens líder na América Latina – analisou as tendências de viagens dos consumidores para o feriado da Semana Santa (15 de abril). O levantamento considera a procura por passagem aérea em suas plataformas de vendas (site e app) para destinos nacionais, com embarque de 12 estados em todas as regiões do Brasil.

“No feriado da Semana Santa deste ano, as buscas cresceram mais de 80%, em relação ao mesmo período de 2021. Com esse estudo, notamos novos destinos surgindo entre os 10 mais buscados pelos nossos clientes, como Navegantes, Belém, Santarém, Uberlândia, Porto Velho, Cuiabá e Campo Grande. Um sinal de que os brasileiros estão descobrindo novas experiências de viagens pelo Brasil”, diz Daniela Araujo, diretora de Sourcing Air da Decolar.

Aos poucos, o setor aéreo vem se recuperando dos efeitos das restrições impostas pela pandemia de Covid-19 e, mesmo com a alta dos combustíveis, já vislumbra um cenário de retomada.

Para o período da Semana Santa, a Decolar, plataforma de viagens, viu as buscas por passagens aéreas crescerem 80% na comparação com o feriado de 2021.

O levantamento leva em consideração as rotas nacionais, partindo de doze estados em todas as regiões. Os destinos mais buscados pelos viajantes foram as capitais São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Recife (PE).

Na sequência, aparecem Salvador (BA), Porto Alegre (RS), Fortaleza (CE) e Porto Seguro (BA). Fecham o ranking as cidades de Florianópolis (SC), Maceió (AL) e Brasília (DF).

 

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.