BUSCAR
BUSCAR
PoderData
Aprovação ao governo Bolsonaro vai à mínima de 27%; desaprovação é de 63%
Avaliação negativa fica estável; trabalho do presidente é rejeitado por 55% e aprovado por 25%
Poder360
03/09/2021 | 08:41

A aprovação do governo do presidente Jair Bolsonaro desceu 4 pontos percentuais e chegou a 27%, de acordo com pesquisa PoderData realizada de segunda a quarta-feira desta semana (30.ago-1º.set.2021). O patamar é o mais baixo já registrado pela empresa.

Os que desaprovam a gestão federal são 63%. É a 2º pior marca do governo. Perde só para o levantamento realizado 15 dias antes (64%). A variação está dentro da margem de erro.

A diferença entre aprovação e desaprovação também foi ao recorde e marcou 36 pontos percentuais. Era de 33 pontos 15 dias antes.

Aprovação ao governo bolsonaro vai à mínima de 27%; desaprovação é de 63%

Em agosto de 2020, Bolsonaro chegou a ter aprovação 12 pontos superior à desaprovação. O cenário, favorável ao Planalto, manteve-se até meados de novembro.

Em relação ao trabalho pessoal de Bolsonaro, o quadro ficou estável em relação ao de 15 dias antes, com variações na margem de erro. Os que acham o presidente “ruim” ou “péssimo” são 55%, ante 56% na rodada anterior. Os que o classificam como “ótimo” ou “bom” são 25%, contra 28% no último levantamento.

Há também 14% que dizem que Bolsonaro é “regular” –variação positiva de 1 ponto percentual. Outros 6% não souberam responder.

O gap entre as avaliações positiva e negativa ficou em 30 pontos percentuais, igualando o pior resultado já registrado para Bolsonaro, na rodada de 19 a 21 de julho.

Como na avaliação do governo, o presidente também registrou quadro mais confortável de agosto a novembro de 2020 –época em que o auxílio emergencial era pago a milhões de brasileiros. No fim de agosto, a vantagem de Bolsonaro foi de 8 pontos percentuais.

Esta pesquisa foi realizada no período de 16 a 18 de agosto de 2021 pelo PoderData, a divisão de estudos estatísticos do Poder360. Foram 2.500 entrevistas em 433 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

Para chegar a 2.500 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população.

Os moradores da região Nordeste (61% desse grupo) e os que cursaram até o ensino fundamental (61%) são os que mais rejeitam o trabalho de Bolsonaro. Já os moradores das regiões Sul (39%) e Norte (35%) e os com ensino superior (33%) são os que mais consideram o presidente “ótimo” ou “bom”.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.