BUSCAR
BUSCAR
‘Superfungo’
Anvisa alerta sobre primeiro caso de fungo que é ‘séria ameaça à saúde pública’
Segundo o alerta da Anvisa, o fungo foi identificado em "amostra de ponta de cateter de paciente internado em UTI adulto em hospital do Estado da Bahia"
Redação
08/12/2020 | 15:49

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu um alerta nesta terça-feira 8 de que está investigando um possível caso de um fungo que “representa uma séria ameaça à saúde pública”.

Esta seria a primeira infecção brasileira pelo Candida auris, fungo fatal que, segundo a Anvisa, pode causar infecção na corrente sanguínea, no sistema nervoso central e órgãos internos.

Ele ataca principalmente pacientes com comorbidades e chama a atenção pela resistência às principais classes de medicamentos antifúngicos.

O fungo foi uma amostra de ponta de cateter de um paciente adulto internado em um hospital na Bahia. A amostra foi encaminhada para laboratório do hospital para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA) que, no mesmo dia, comunicou a suspeita de que poderia ser o fatal Candida auris.

Nesta segunda 7, o Laboratório do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFM-USP) encaminhou à Anvisa o laudo com resultado positivo, confirmando que se trata do fungo.

De acordo com a agência, ainda serão realizadas análises fenotípicas e o sequenciamento genético do microrganismo pelo Laboratório Especial de Micologia da Escola Paulista de Medicina (LEMI–UNIFESP) – ou seja, ainda não há confirmação por parte do órgão nacional.

Destaques do CNN Brasil Business:

Contudo, de acordo com a Anvisa, com a informação da suspeita, a agência já está tomando medidas para prevenir e controlar infecções relacionadas ao possível novo fungo. Além disso, estão sendo implementadas investigações epidemiológicas para verificar se existe a contaminação de outras pessoas do serviço de saúde.

Em outubro de 2016, a Opas, braço americano da Organização Mundial da Saúde (OMS), publicou um alerta epidemiológico em função dos relatos de surtos de Candida auris em serviços de saúde da América Latina, recomendando aos estados-membros a adoção de medidas de prevenção e controle de surtos decorrentes deste patógeno.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.