BUSCAR
BUSCAR

Presidente do Sinmed diz que ‘Hospital de Natal é apenas uma maquiagem’

'Serviços foram desativados para abrir um hospital que não vai efetivamente acrescentar à assistência médica que já existia”, declarou Geraldo Ferreira
Redação
02/03/2016 | 05:00

Na visão do presidente Sindicato dos Médicos do RN (Sinmed), Geraldo Ferreira, o serviço de saúde oferecido pela Prefeitura de Natal está deteriorado. Geraldo Ferreira afirma, por exemplo, que o “Hospital de Natal na verdade é apenas uma maquiagem”. “Nós sabemos que era um hospital antigo. Ele foi improvisado para clínica médica, pediatria e ortopedia e se fecharam os serviços que existiam. O serviço de pediatria do Maria Alice, o serviço de clínica médica do Hospital dos Pescadores foram desativados para abrir um hospital que não vai efetivamente acrescentar à assistência médica que já existia”, declarou Geraldo.

A avaliação que o presidente Sindicato dos Médicos do RN também compreende a administração federal. “O Governo Federal é o grande criminoso, porque repassa as obrigações, repassa o que a lei prevê como direito de cidadão, mas não repassa os recursos. Então essa equação não bate, não fecha, porque o Governo Federal é um padrasto, vamos dizer assim, dos governos estaduais e municipais. Fora isso nós temos uma gestão totalmente desmoralizada. Nós vamos visitar as unidades e vemos que as pessoas que estão em cargos de gestão ainda são indicadas por vereadores, é a triste realidade. Então não há um preparo administrativo e ainda há, lastimavelmente, muita corrupção na área da saúde”, pontuou o médico.

População se amontoa na calçada do hospital de natal: “somos tratados como cachorros”

De acordo com Geraldo Ferreira, há uma degradação da assistência médica, uma deterioração generalizada. “Está virando aquele inferno brasileiro: quando tem médico não tem medicamentos, quando tem medicamentos e médicos o gerador está quebrado e a UTI não funciona, então é um verdadeiro inferno, onde quem paga é a população, e o pior, em meio a uma epidemia generalizada”, apontou.

E complementou: “Nós vimos nos hospitais que atendimentos que eram por volta de 200, 250 em 24 horas passaram para 400, 450 e o povo está morrendo de dengue, morrendo de chikungunya, continua morrendo de zika. A verdade é caótica e as respostas que estão sendo apresentadas elas são insuficientes. Há corrupção, há má gestão, há um comportamento perverso do Governo Federal com estados e municípios e há evidentemente ainda uma falta de priorização”.

STF realiza audiência de custódia de presos no caso Abin
Segundo a PF, agência foi usada para favorecer filhos de Bolsonaro
12/07/2024 às 15:22
George Soares toma posse como Conselheiro do TCE na próxima quarta-feira
Vaga pertence ao quadro de indicados pela Assembleia Legislativa e estava aberta desde a aposentadoria do Conselheiro Tarcísio Costa
12/07/2024 às 15:13
Salatiel de Souza e Homero Grec oficializam pré-candidaturas em Parnamirim
Evento da pré-chapa ocorrerá no Boungaville Recepções nesta segunda-feira 12
12/07/2024 às 11:55
Paulinho Freire tem condição de vitória e fará grande governo, afirma ACM Neto
Vice-presidente do União Brasil visitou RN ontem para lançamento de guia para ajudar na elaboração de planos de governo
12/07/2024 às 07:59
Câmara aprova PEC da Anistia, que reduz cota para negros nas eleições
Projeto tramitou por mais de um ano com pouquíssimo debate público e só teve oposição do PSOL e do Novo; texto segue agora para o Senado
11/07/2024 às 21:59
‘Intenção de rompimento democrático’, diz Randolfe sobre monitoramento ilegal da Abin
O líder do governo no Congresso Nacional, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), consta na lista de autoridades que foram monitoradas ilegalmente pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin)
11/07/2024 às 20:02
Câmara aprova destinação de 5% de emendas parlamentares a catástrofes
Nos dois turnos, proposta teve votos de apoiadores do governo e da oposição, além de encaminhamento favorável de todas as bancadas partidárias
11/07/2024 às 15:19
“Não vi como bronca”, diz Márcio Macêdo sobre cobrança de Lula
Presidente pediu ao ministro mais participação em reuniões
11/07/2024 às 11:51
Aprovação de Lula sobe quatro pontos e vai a 54%, no maior nível do ano, diz pesquisa
Em maio, no último levantamento, o índice de aprovação era 50%
11/07/2024 às 08:20
União Brasil lança em Natal guia para ajudar candidatos a elaborarem plano de governo
Partido reúne filiados para evento em hotel da cidade nesta quinta
11/07/2024 às 08:14