BUSCAR
BUSCAR
Superação
Sem trauma, Roberto Carlos volta a cantar a palavra inferno após 30 anos
Ele voltou a cantar `Quero que Vá Tudo pro Inferno`, sucesso de 1965 que estava fora de seu repertório desde os anos 80
Redação
24/12/2016 | 22:45

Em um ano tão surpreendente quanto 2016, ate o tradicionalíssimo Especial Roberto Carlos foi marcado por uma cena inesperada: ele voltou a cantar Quero que Vá Tudo pro Inferno, sucesso de 1965 que estava fora de seu repertório desde os anos 80.

O `rei` falou sobre a batalha contra o Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) e surpreendeu o público ao anunciar que quebraria o jejum de quase 30 anos. “Não me lembro mais quando foi a última vez que cantei essa música. Faz muito tempo realmente. De repente os amigos insistiram e comecei a tratar o TOC (transtorno obsessivo compulsivo). Melhorei um pouco e ensaiei cantando pela metade, mas aí tratei mais um pouco e resolvi cantar tudo”, disse. Na primeira vez, a palavra “inferno” saiu com certa dificuldade, mas ele logo pegou o embalo.

A “libertação” foi muito festejada nas redes sociais. Outro ponto alto foi o dueto com Marisa Monte em De que Vale Tudo Isso e Ainda Bem. O show intitulado “Simplesmente Roberto” também teve com outros nomes de peso da musica, como Caetano Veloso, Gilberto Gil e a cantora Jennifer Lopez.

 

 

Fonte: Veja

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.