BUSCAR
BUSCAR
Economia
Saque complementar do FGTS será liberado no próximo dia 20
A expectativa da Caixa é que, ao todo, 10 milhões de pessoas vão sacar R$ 2,6 bilhões.
Agência Estado
13/12/2019 | 14:11

Os mais de 10 milhões de trabalhadores que já retiraram R$ 500 e têm à parcela extra de R$ 498 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) podem fazer o saque a partir do dia 20 de dezembro, de acordo com o calendário divulgado pela Caixa nesta sexta-feira, 13.

Tem direito a retirar o recurso quem tinha até R$ 998 em cada conta do fundo (ativa ou inativa) em 24 de julho deste ano (data em que a MP foi editada). Para as contas com saldo superior a esse valor naquela data, o saque continua limitado a R$ 500.

O limite para a retirada dos recursos do fundo, inicialmente, era de R$ 500 por conta ativa (trabalho atual) e inativa (trabalho anterior). Mas ao analisar a MP que autorizou os saques, o Congresso Nacional alterou o valor para até R$ 998. A lei foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro na quinta-feira, dia 12.

A expectativa da Caixa é que, ao todo, 10 milhões de pessoas vão sacar R$ 2,6 bilhões.

O banco estatal informou que, para atender aos trabalhadores, as agências terão horário estendido entre os dias 18 e 20 de dezembro.

Vale lembrar que, no dia 18 de novembro, começa o período de saque imediato para os nascidos em novembro e dezembro. Segundo a Caixa, os trabalhadores nascidos nestes meses já receberão, a partir do dia 18, o valor complementar, se estiverem inseridos nas condições estabelecidas.

Segundo a Caixa, os horários estendidos são os seguintes:

* Agências que abrem às 8 horas: ficarão abertas mais 2 horas além do horário normal;

* Agências que abrem às 9 horas: abrirão 1 hora mais cedo e fecharão 1 hora mais tarde;

* Agências que abrem às 10 horas ou às 11 horas: abrirão duas horas mais cedo.

Confira as seguintes simulações:

* Trabalhador 1 tinha R$ 998 na conta do FGTS em 24/7. Ele retirou R$ 500 e agora pode sacar o saldo complementar;

* Trabalhador 2 tinha R$ 700 em 24/7. Sacou R$ 500 e agora pode retirar R$ 200;

* Trabalhador 3 tinha R$ 1.000 em 24/7. Ele retirou R$ 500 e agora não tem direito a mais nada;

* Trabalhador 4 tinha R$ 442 em 24/7. Sacou esse valor e agora não tem direito a mais nada.

Quem ainda não sacou os R$ 500 e se enquadra na regra poderá sacar a integralidade dos R$ 998 também a partir de 20 de dezembro.

A retirada dos recursos seguiu um calendário de acordo com a data de aniversário do trabalhador, e os R$ 500 já foram liberados para os nascidos de janeiro a outubro.

O crédito extra, assim como os R$ 500, estarão disponíveis até 31 de março de 2020. Quem não tiver conta poupança na Caixa e não quiser o dinheiro não precisa fazer nada. Os recursos voltam para o FGTS automaticamente.

Os correntistas da Caixa que já receberam os R$ 500 via crédito em conta e têm direito aos R$ 498 restantes também terão o pagamento creditado automaticamente no dia 20 de dezembro.

O saque imediato de até R$ 998 não tem relação com o saque-aniversário, que só começa a ser pago em abril de 2020.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.