BUSCAR
BUSCAR
Economia
Nível de automação no Brasil cresce 4%
Apuração chega ao terceiro ano de publicação e traz vários diagnósticos de indústria, varejo/serviços e consumidores
Agência Estado
16/12/2019 | 11:49

O Índice de Automação do Mercado Brasileiro chega ao terceiro ano de publicação e constata que o nível de automação nas empresas aumentou 4% de 2018 para 2019. O estudo, realizado pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil com apoio da empresa de pesquisas GfK, tem como objetivo mensurar o quanto a automação está presente nas empresas brasileiras e na vida do consumidor. O índice é mensurado em um intervalo de avaliação de 0 a 1, sendo 0 a ausência de automação e 1 a representação da automação plena.

Indústria
O método de estudo contempla seis dimensões para as indústrias (Sistemas, Logística, Atendimento, Relacionamento com o Colaborador, Relacionamento com o Cliente e Fábrica), avaliando em cada dimensão como é a adoção de tecnologias de automação. Com leituras por porte e categorias de uso, no último ano se destacaram indústrias de pequeno porte que aumentaram seu índice de automação de 0,273 para 0,275, e do setor de Bens de Consumo Semiduráveis que passou de um índice de 0,249 para 0,259.

Índice de automação do mercado brasileiro em 2019:
Indústria em geral: 0,298
Bens de consumo não duráveis: 0,326
Bens de consumo semiduráveis: 0,259
Bens de consumo duráveis: 0,295
Bens intermediários: 0,313
Bens de capital: 0,292

Comércio e Serviços
Para o setor de Comércio e serviços, também são consideradas seis dimensões, sendo diferenciado da indústria pela inclusão da avaliação da loja (Sistemas, Logística, Atendimento, Relacionamento com o Colaborador, Relacionamento com o Cliente e Loja). Com leituras por porte e por tipo (Varejo, Atacado e Serviços). Entre os destaques para o ano de 2019 estão o varejo que passou de um índice de 0,213 para 0,234, e o e-commerce que passou de 0,295 para 0,317.

Índice de automação do mercado brasileiro em 2019 (tipo de estabelecimento):
Comércio e serviços: 0,222
Varejo: 0,234
Atacado: 0,236
E-commerce: 0,317
Serviços: 0,176

De acordo com João Carlos de Oliveira, presidente da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, o Índice de Automação do Mercado Brasileiro foi criado para auxiliar empresas a planejar estratégias com base nas novas demandas na era 4.0. “A comunidade de negócios pode contar com nossa entidade para compreender melhor a dinâmica da automação e da inovação.”

O estudo constata que o conceito de automação está bem difundido nas empresas e que está diretamente ligado à produtividade e à inovação. Enquanto o conceito de automação para a indústria está mais ligado à produção e logística com o uso de maquinário, esteiras e sensores óticos, para o comércio e serviços ele se amplia a todos os equipamentos que tornam os processos mais eficientes ? incluindo sistemas de gestão do ponto de vendas e do estoque.

Consumidores
A automação para consumidores está muito mais ligada à adoção de tecnologias. Também avaliado em 6 dimensões, mas com um foco diferente das empresas, o índice de automação do consumidor brasileiro também teve uma evolução em 2019, passando de 0,174 pontos para 0,181.

As maiores evoluções na adoção de tecnologias pelos consumidores ocorreram no aumento do acesso à internet e na adoção de tecnologias no veículo como sensor de ré e a integração do celular e do GPS ao sistema de multimídia dos veículos

Durante um ano foram entrevistados 2.680 consumidores; na indústria, 1.979 empresas; e no comércio/serviços, 2.833 empresas de todos os portes e com abrangência nacional. No ano de 2019, o cálculo do índice de Automação do mercado Brasileiro foi reformulado para considerar as novas tecnologias de automação disponíveis no mercado nacional.

Sobre a Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil
A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, é uma organização multissetorial sem fins lucrativos que representa nacionalmente a GS1 Global. Em todo o mundo, a GS1 é responsável pelo padrão global de identificação de produtos e serviços (Código de Barras e EPC/RFID) e comunicação (EDI e GDSN) na cadeia de suprimentos. Além de estabelecer padrões de identificação de produtos e comunicação, a associação oferece serviços e soluções para as áreas de varejo, saúde, transporte e logística. A organização brasileira tem 58 mil associados.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.