BUSCAR
BUSCAR
Acertos
Grupo chinês visita Potigás para consolidar instalação no Rio Grande do Norte
Encontro aconteceu depois da confirmação da companhia chinesa, ao Governo do Estado, da instalação de uma unidade em solo potiguar
Redação
04/05/2017 | 15:16

Os empresários da fábrica de placas fotovoltaicas para energia solar do grupo chinês Chint Eletrics Co. visitaram a Companhia Potiguar de Gás (Potigás), na manhã desta quinta-feira 4, para conhecer a empresa e o mercado de gás no Rio Grande do Norte. O encontro aconteceu depois da confirmação da companhia chinesa, ao Governo do Estado, da instalação de uma unidade em solo potiguar. A indústria será instalada em uma área de 25 hectares no município de Extremoz com um investimento inicial de R$ 112 milhões e irá ofertar 1.300 empregos diretos e indiretos.

A apresentação da Potigás aos executivos da Chint, Jackie Xiang e Charles Zang, foi feita pelos diretores Beto Santos e Eliana Bandeira. Na ocasião, foram apresentados aspectos do produto e sua utilização na indústria. O Diretor Presidente da Potigás, Beto Santos, destacou as vantagens do gás natural canalizado para o segmento industrial e do RN Gás +, subsídio único no Brasil que favorece a instalação e manutenção das indústrias no estado. “O gás natural canalizado é o insumo de extrema importância para esse setor porque impacta diretamente no preço final dos produtos, o que garante competitividade para as empresas. Além disso, ainda posso elencar aspectos como logística, segurança e sustentabilidade”, destacou.

O executivo Jackie Xiang confirmou a importância do RN Gás + para a decisão final da Chint pela instalação de uma unidade no estado. “É muito importante que o Estado ofereça um benefício como esse porque garante segurança jurídica e competitividade para que as indústrias possam se instalar na localidade”, explicou. Também participaram da visita Alcides Sotério, executivo da empresa representante da Chint no Brasil, e Aristeu Martins, arquiteto urbanista contratado para elaborar o projeto e realizar a gestão do projeto para instalação da fábrica no Rio Grande do Norte.

Com a instalação da Chint no estado, também foi levantada, na ocasião da visita, a questão de estudos para desenvolvimento de um sistema híbrido que funcione a energia solar e gás natural para a geração de energia elétrica. “O gás natural entra como uma fonte secundária em momentos que não exista a incidência solar necessária para a geração de energia”, esclareceu a Diretora Administrativa e Financeira da Potigás, Eliana Bandeira.

A instalação da empresa no Rio Grande do Norte é resultado de uma iniciativa do Governo do Estado. Em fevereiro deste ano, o governador Robinson Faria e auxiliares da administração, incluindo o Diretor Presidente da Potigás, visitaram a China para manter contatos com investidores. A comitiva voltou ao estado com um protocolo de intenções assinado pela empresa para se instalar no RN. A unidade da Chint no Rio Grande do Norte será a primeira na América Latina e atenderá o mercado brasileiro e das Américas.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.