BUSCAR
BUSCAR
Impacto da pandemia
Dinheiro não está chegando aos microempresários, diz Zeca Melo
Superintendente do Sebrae RN afirma que na propaganda os bancos são lindos, mas dinheiro que é bom até agora, nada
Redação
28/05/2020 | 14:14

O governo não está conseguindo fazer com que os recursos liberados para combater a crise econômica provocada pelo novo coronavírus cheguem às micro e pequenas empresas, afirma Zeca Melo, superintendente do Sebrae/RN.

A lei já sancionada pelo presidente estabelece um aporte de R$ 15,9 bilhões de recursos do Tesouro Nacional para promover o crédito às micro e pequenas empresas com faturamento respectivamente de até R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões anuais.

Para Melo, no entanto, esse dinheiro está “empoçado” nos bancos, enquanto essas empresas fecham as portas. “A propaganda dos bancos é linda, mas dinheiro que é bom não está chegando”, criticou.

Só no RN, essa situação já forçou, desde o começo da pandemia, o fechamento de 13 mil postos formais de trabalho, um número que no país já chegou a 800 mil.

Segundo ele, só nos últimos dois meses o Sebrae estadual já atendeu perto de 22 mil pessoas em busca de auxílio para manter seus pequenos negócios funcionando, um número muito superior ao registrado no mesmo período do ano passado.

“A nossa previsão é que essa demanda aumente, já que muitos pequenos empreendedores que enfrentam problemas de liquidez sofrem com situações crônicas que precisam de orientação redobrada nesses tempos de pandemia”, lembra Zeca Melo.

Para dar conta dessa necessidade, afirma, o Sebrae do RN deu um reforço em seu portal (www.rn.sebrae.com.br), abrindo áreas para consultoria remota sobre bioprevenção das empresas e gestão financeira dos negócios em tempos de coronavírus, onde temas como Inovação, crédito e prevenção compõem o cardápio.

“São tempos novos em que as diferenças competitivas falarão ainda mais alto para que micro e pequenas empresas conquistem seu espaço num mercado bastante modificado pela a pandemia”, resume Melo.

“No caso de consultorias mais específicas, o pequeno e médio empresários tem 70% dos custos dessa consultoria subsidiados, sendo que os 30% restantes poderão eles pagar em até 10 vezes, graças ao fundo soberano do Sebrae em parceria com instituições financeiras e a Agência de Fomento do RN”, explica.

Para acessar todos os serviços, basta os interessados agendar uma reunião virtual pelo 08000570800 ou interagir pelo portal do Sebrae RN na internet.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.