BUSCAR
BUSCAR
Investimento
Ações lideram investimentos dos brasileiros durante pandemia
É o que aponta pesquisa feita com 110 mil pessoas. Ibovespa fechou julho com alta de 8,27%. No ano, modalidade sofreu declínio de 11,01%.
R7
12/08/2020 | 09:42

As ações lideraram o ranking de investimentos do brasileiro durante a pandemia do novo coronavírus. É o que aponta um levantamento feito pelo aplicativo Fliper em cima de 100 mil contas de sua base de dados. A pesquisa mostra que 33,61% dos usuários do app estão investindo na modalidade no período.

O ativo já era o primeiro colocado na lista antes do início da pandemia e detinha 36,27% do total das carteiras de investimento. O levantamento considerou os investimentos feitos antes e depois de 1º de março, quando começou a pandemia, para fazer a comparação.

Na sequência aparecem os seguintes investimentos:

•    Renda fixa pós-fixada (22,09%);
•    Fundos multiercados (19,16%);
•    Fundos imobiliários (8,47%) ;
•    Renda fixa indexada à inflação (7,59%);
•    Renda fixa prefixada (3,8%);
•    Conta corrente (3,31%);
•    Dólar (1,53%); e
•    Ouro (0,44%).

Ibovespa teve alta de 8,27% em julho

O Ibovespa, principal indicador de desempenho médio das ações negociadas na Bolsa de Valores, fechou julho com alta de 8,27% e chegou aos 102.912,24 pontos. No ano, a modalidade sofreu um declínio de 11,01%.

Veja a evolução:

•    Janeiro: 113.760,57 pontos   
•    Fevereiro: 104.171,57 pontos (-8,43%)
•    Março: 73.019,76 pontos (-29,90%)
•    Abril:    80.505,89 pontos (10,25%)
•    Maio:    87.402,59 pontos (8,56%)
•    Junho:    95.055,82 pontos (8,76%)
•    Julho:    102.912,24 pontos (8,26%)

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.