BUSCAR
BUSCAR
Justiça
STF autoriza inquérito sobre grupos que tramam atos antidemocráticos no DF
PGR pediu para investigar o financiamento a grupos como o '300 do Brasil', que organizam acampamentos em Brasília e ameaçam autoridades
Redação
08/05/2020 | 16:04

A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu e o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a instauração de um inquérito para verificar o esquema de financiamento e a natureza dos atos promovidos por grupos que estão se formando em Brasília.

Há alguns meses, é recorrente a realização de atos ao redor do Palácio do Planalto em apoio ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e em defesa de pautas antidemocráticas, como o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF).

O presidente participa desses atos geralmente de dentro do Palácio do Planalto.

A autorização partiu do ministro Alexandre de Moraes, que determinou a realização de diligências mantendo a investigação em sigilo.

O Metrópoles mostrou que militantes estão se organizando em grupos como o 300 do Brasil para pressionar instituições, principalmente o Supremo e o Congresso. Os grupos devem estar presentes em manifestação marcada para este sábado (9) em Brasília.

*Com informações do Metrópoles

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.