BUSCAR
BUSCAR
Tóquio 2020
Veja os medalhistas do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio
País bate recorde de conquistas e garante melhor posição da história no quadro geral
Folha
08/08/2021 | 09:21

Cinco anos depois de competir em casa, o Brasil obteve do outro lado do mundo, nos Jogos de Tóquio, seu recorde de medalhas em uma única edição olímpica.

No total, a delegação brasileira encerrou a participação no Japão com 21 pódios. Foram sete medalhas de ouro, seis de prata e oito de bronze.

Na Rio-2016, recorde brasileiro até então, o país teve a mesma quantidade de ouros e pratas, mas ficou com dois bronzes a menos.

Na madrugada deste domingo (8), o Brasil perdeu a chance de superar também o número de medalhas douradas. A seleção brasileira de vôlei feminino foi derrotada pelos Estados Unidos e ficou em segundo lugar. Antes, a boxeadora Beatriz Ferreira ficou com a prata ao perder a luta para a irlandesa Kellie Harrington na categoria peso leve, até 60 kg.

Com dois pódios a mais que a última edição dos Jogos, a campanha brasileira no Japão foi impulsionada pela entrada de novas modalidades no programa olímpico, como o surfe e o skate. Com o calendário mais inchado, Tóquio distribuiu 11% mais pódios do que no Rio —houve também as estreias da escalada e do caratê, mas o Brasil não teve representantes nesses esportes.

O surfista Italo Ferreiro conquistou o ouro, e os skatistas Rayssa Leal e Kelvin Hoefler, na modalidade street, e Pedro Barros, no park, ficaram com a prata.

Sem as quatro medalhas do surfe e do skate, o Brasil teria somado 17 medalhas no total, ou seja, duas medalhas a menos (ou 10,6%) que o conquistado na Rio-2016.

O salto, portanto, é considerado positivo uma vez que, em geral, após sediar o evento, os países caem em número de medalhas nas Olimpíadas seguintes, ainda que fiquem em um patamar mais alto do que antes de receber as competições em seu próprio território. ​

 

MEDALHAS BRASILEIRAS NOS JOGOS DE TÓQUIO-2020

Total: 21

7 ouros
Italo Ferreira – surfe
Martine Grael e Kahena Kunze – vela
Rebeca Andrade – ginástica artística (salto)
Ana Marcela Cunha – maratona aquática
Isaquias Queiroz – canoagem velocidade
Hebert Conceição – boxe
Futebol masculino

6 pratas
​Vôlei feminino
Bia Ferreira – boxe
Kelvin Hoefler – skate street
Rayssa Leal – skate street
Pedro Barros – skate park
Rebeca Andrade – ginástica artística (individual geral)

8 bronzes
Mayra Aguiar – judô
Daniel Cargnin – judô
Thiago Braz – salto com vara
Alison dos Santos – 400 m com barreiras
Bruno Fratus – natação (50 m livre)
Fernando Scheffer – natação (200 m livre)
Laura Pigossi e Luisa Stefani – tênis
Abner Teixeira – boxe

MEDALHAS BRASILEIRAS NOS JOGOS DO RIO-2016

Total: 19

7 de ouro
Vôlei masculino
Futebol masculino
Rafaela Silva – judô
Thiago Braz – salto com vara
Martine Grael e Kahena Kunze – vela
Alison e Bruno – vôlei de praia
Robson Conceição – boxe

6 de prata
Isaquias Queiroz – canoagem velocidade
Isaquias Queiroz e Erlon de Souza – canoagem velocidade
Ágatha e Bárbara – vôlei de praia
Arthur Zanetti – ginástica artística (argolas)
Diego Hypólito – ginástica artística (solo)
Felipe Wu – tiro esportivo

6 de bronze
Mayra Aguiar – judô
Rafael Silva – judô
Arthur Nory – ginástica artística (solo)
Poliana Okimoto – maratona aquática
Isaquias Queiroz – canoagem velocidade
Maicon Siqueira – taekwondo

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.