BUSCAR
BUSCAR
São Paulo
Sírio-Libanês aciona plano de contingência após pico de pacientes com suspeita de covid-19
Sírio-Libanês disse ainda que o tempo de espera para alguns atendimentos pode ser maior do que o que costuma ser registrado "até que todos os processos estejam implementados e os remanejamentos sejam finalizados"
Estadão
08/12/2020 | 10:58

O Hospital Sírio-Libanês em São Paulo anunciou nesta segunda-feira, 7, que acionou seu plano de contingência após registrar um pico de procura de pacientes com suspeita de covid-19 nas últimas 48 horas. Com a medida, o hospital passou a adiar procedimentos e exames e está remarcando cirurgias eletivas. O objetivo é abrir novos leitos e readequar os espaços do hospital para receber os pacientes.

“Esse aumento acionou o plano de contingência do hospital, por meio do qual é feita a readequação de espaços, leitos e equipes, priorizando os casos mais críticos para atender a demanda de pacientes”, informou o hospital.

O Sírio-Libanês disse ainda que o tempo de espera para alguns atendimentos pode ser maior do que o que costuma ser registrado “até que todos os processos estejam implementados e os remanejamentos sejam finalizados”.

Segundo o hospital, a situação está controlada e a gestão dos leitos é realizada diariamente. Disse ainda que ampliou a sua capacidade neste ano e, atualmente, conta com mais de 500 leitos operacionais.

Em nota, o Sírio-Libanês pediu ainda que a população continue seguindo as medidas de higiene e de distanciamento social para evitar novas infecções pelo vírus.

“Reforçamos a importância de todos seguirem as medidas de prevenção da transmissão da covid-19, com o uso de máscaras, distanciamento físico e higiene constante das mãos. Não pare de se cuidar. Precisamos da colaboração de todos para que possamos sair juntos dessa pandemia.”

Rede privada registrou aumento de internações pela doença

No último dia 30, o Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (SindHosp) divulgou levantamento que apontou que a taxa média de ocupação dos leitos de UTI para covid-19 era de 84% nos hospitais privados.

A pesquisa, realizada com 20% dos hospitais particulares, mostrou ainda que 79% dos hospitais na rede particular registraram aumento de internações pela doença entre 23 e 26 de novembro em relação ao período de 16 a 19 de novembro.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.