BUSCAR
BUSCAR
Assustador
Sete estudantes morrem após grade de proteção ceder em universidade na Bolívia; VEJA VÍDEO
Acidente aconteceu na Bolívia, enquanto dezenas de jovens se aglomeravam no 4ª andar do prédio para ter acesso a uma assembleia
Correio Braziliense
04/03/2021 | 14:47

Ao menos sete estudantes morreram e outros cinco ficaram gravemente feridos ao despencarem do quarto andar da Universidade de El Alto, na Bolívia, depois que a grade de proteção entre os jovens e o vão livre caiu. Acidente aconteceu nesta última terça-feira 2.

O corrimão de metal cedeu por causa da grande pressão causada pelo número de pessoas que tentavam ter acesso a uma assembleia, convocada na manhã da tragédia. A idade das vítimas varia de 20 a 24 anos.

Em vídeos publicados nas redes sociais (veja abaixo) é possível ver o exato momento em que os jovens caem no térreo do prédio, com piso de cimento. Outros, se agarram desesperadamente a colegas, em meio a gritos.

Confira o momento do acidente (Aviso: Imagens fortes):

<blockquote class=”twitter-tweet”><p lang=”es” dir=”ltr”>CUIDADO: Imágenes fuertes.<br>Ocho estudiantes de la Universidad Pública de El Alto, Bolivia, cayeron del cuarto piso tras ceder las barandas del edificio.<br>Hay cinco heridos y tres fallecidos.<br>El accidente sucedió tras una asamblea convocada esta mañana.<a href=”https://t.co/8LT9popIak”>pic.twitter.com/8LT9popIak</a></p>&mdash; AJ+Español (@ajplusespanol) <a href=”https://twitter.com/ajplusespanol/status/1366795437655556102?ref_src=twsrc%5Etfw”>March 2, 2021</a></blockquote> <script async src=”https://platform.twitter.com/widgets.js” charset=”utf-8″></script>

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.