BUSCAR
BUSCAR
Minuta
Secretaria de Cultura de Natal abre consulta pública para a Lei Djalma Maranhão
Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult-Funcarte), disponibiliza a partir desta terça-feira (28) a Minuta para o processo de inscrições de empreendedores culturais e seleção de projetos através da Lei Djalma Maranhão
Redação
28/12/2021 | 12:29

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult-Funcarte), disponibiliza a partir desta terça-feira (28) a Minuta para o processo de inscrições de empreendedores culturais e seleção de projetos através da Lei Djalma Maranhão. A Minuta está disponível no www.blogdafuncarte.com.br e www.natal.rn.gov.br/secult e as sugestões devem ser enviadas até dia 10 de janeiro através do email [email protected]

A proposta regulamenta o processo de inscrição para quem desejar pleitear a aprovação de projetos e captar patrocinadores para a execução de projetos culturais através de incentivos fiscais concedidos pela Prefeitura do Natal.

Na Minuta consta, entre outras sugestões, que o prazo seja de 7 de março de 2022 até 29 de maio de 2022, através de endereço eletrônico e de forma gratuita, além dos eixos (Patrimônio, Memória, Democratização do Acesso, Acessibilidade, Sustentabilidade, Formação, Gestão, Fomento, Financiamento, Livro, Leitura, Fomento à Economia Criativa e ainda os critérios técnicos para avaliação, seleção e contrapartidas.

Djalma Maranhão

Principal motor de impulsionamento da cultura potiguar, a Lei Djalma Maranhão utiliza renúncia fiscal do Município e propicia centenas de projetos nos mais diversos segmentos. Projetos nas áreas da Dança, Música, Espetáculos Infantis, Cinema, Literatura, Festivais, Gastronomia, São João, Blocos e Prévias de Carnaval, Gravação de DVDs e muito mais.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.