BUSCAR
BUSCAR
Crime
Procuradora é brutalmente agredida por colega depois de abrir processo disciplinar contra o acusado
A agressão ocorreu na segunda-feira, 20. A vítima já prestou o boletim de ocorrência.
Redação
21/06/2022 | 21:26

A procuradora-geral Gabriela Samadello Monteiro de Barros, de 39 anos, foi violentamente espancada no interior de São Paulo. O crime ocorreu depois que Gabriela denunciou o acusado pelos seus comportamentos anteriores.

O vídeo da agressão foi registrado por outra funcionária, onde o procurador Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos, lança socos e cotoveladas no rosto da vítima que tenta se proteger enquanto grita por socorro. Ele ainda a xinga de “puta” e “vagabunda do caralho”.

Outras funcionárias que estavam no local tentaram conter e segurar o homem, sendo também agredidas por ele. Gabriela ficou com o rosto ensanguentado depois de receber os golpes. Segundo o boletim de ocorrência, a motivação seria um processo administrativo contra ele, por comportamento ruim no ambiente de trabalho.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.