BUSCAR
BUSCAR
Criminalidade
Polícia prende homem de 42 anos suspeito de ajudar criminosos em explosão de agências e roubos a carros-fortes no RN
Suspeito de 42 anos foi preso pela DEICOR nesta quinta-feira, 8, em Mossoró
Redação
08/04/2021 | 18:28

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) prenderam, na tarde desta quinta-feira, 8, Arenilson Gonzaga de Moura, 42 anos, conhecido como “Vagalume”. De acordo com a Polícia, ele foi detido na cidade de Mossoró, em cumprimento a um mandado de prisão temporária, pelos crimes de integrar organização criminosa, associação para o tráfico e tráfico de drogas.

Ainda segundo a corporação, Arenilson Gonzaga é investigado pela suspeita de integrar uma facção criminosa, tendo a função de auxiliar os criminosos que explodem agências bancárias e carros-fortes, e de traficar drogas na região Oeste do Rio Grande do Norte. A prisão do suspeito se deu durante as ações da Operação “Hórus”.

Ele foi conduzido à delegacia e, em seguida, encaminhado para exame de corpo de delito e levado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181, ou do número da DEICOR: (84) 3232-2862 e (84) 98135-6796 (Whatsapp) .

Operação Hórus

A Operação “Hórus”, que teve início em 1º de abril, na cidade de Mossoró, faz parte do programa V.I.G.I.A da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e da Segurança Pública (SEOPI/MJSP).

As ações têm como objetivo intensificar as investigações e repressões aos crimes na divisa dos estados do Rio Grande do Norte e Ceará. As equipes policiais da DEICOR já investigam a participação de facções criminosas na cidade de Mossoró e, com a operação, os trabalhos serão intensificados.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.