BUSCAR
BUSCAR
LGBT
“Pelo amor de Deus, votar em LGBT é homofobia!”, diz Vyni ao comentar sobre eliminação no BBB 22
Em tom de protesto, Vyni afirmou que deve se tornar alvo dos outros homens da casa no próximo paredão
O Fuxico
09/03/2022 | 11:21

Depois da eliminação de Jade Picon com 84,93% dos votos, o grupo lollipop ficou abalado. Vinicius, Eliezer, Laís e Eslovênia se reuniram no quarto e lamentaram a saída da sister, até então, chefe do quinteto. Refletindo a respeito do jogo, eles analisaram a falta de sorte durante as provas. As informações são do O Fuxico.

Eliezer declarou que alguém da pipoca precisaria tentar ‘virar’ o jogo, porque até agora o único anônimo que venceu a prova do líder, por exemplo, foi Lucas, lá no começo do reality. Eles também lembraram que a única mulher no posto foi Jade Picon. Em tom de protesto, Vinicius destacou que logo deve se tornar alvo dos outros homens da casa.

“Só camarote é líder e só mulher sai. E isso logo vai mudar. Daqui a pouco eu vou virar alvo deles também”, disse.

Depois disso, em tom de alarde e talvez até brincadeira, ele rejeitou o posto de estar no paredão por votação da casa. Para ele, isso seria um ato homofóbico. Ainda que em tom irônico, a fala deixou o resto do quarto em silêncio. “Pelo amor de Deus, votar em LGBT é homofobia!”, declarou.

O clima entre os membros depois da fala do cearense foi real. E com motivo. Racismo, homofobia e machismo são temas polêmicos dentro do programa e que dificilmente aparecem em discussões. Quando Linn Da Quebrada apontou comportamentos involuntários de alguns homens, por exemplo, vários deles tentaram corrigir a fala da cantora.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.