BUSCAR
BUSCAR
Na UTI
Paulinha Abelha completa 10 dias internada e segue na UTI: “Opera esse milagre, senhor”
Boletim médico divulgado não informou melhora no quadro de saúde da cantora
Redação
21/02/2022 | 19:26

A cantora Paula de Menezes Nascimento Leca Viana, conhecida como Paulinha Abelha, que é vocalista da banda sergipana Calcinha Preta, segue internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Nesta segunda-feira 21, ela completou 10 dias de internação por conta de um quadro de insuficiência renal, quando os rins perdem a capacidade de efetuar as funções básicas. Dias depois, foi transferida para a UTI.

Segundo uma nota divulgado, ela mantém quadro neurológico inalterado, sem sinais de instabilidade hemodinâmica, respirando com suporte de aparelhos e necessitando de suporte renal dialítico. Permanece em processo de investigação clínica.

Informamos que a paciente Paula de Menezes Nascimento Leca Viana, segue internada em unidade de terapia intensiva. No momento, mantém quadro neurológico inalterado, sem sinais de instabilidade hemodinâmica, respirando com suporte de aparelhos e necessitando de suporte renal dialítico. Permanece em processo de investigação clínica.

Nas redes sociais da cantora, onde os boletins médicos são divulgados, vários famosos comentam a torcida pela cantora. “Opera esse milagre, senhor”, disse a cantora Mirella, dupla de Lenno. A cantora Joelma também mandou uma mensagem: “Em oração por você minha amiga! Força!”, disse.

Em coma

Segundo boletim médico divulgado na última quinta-feira, ela teve uma piora clínica e precisou ser transferida. “Está em programação de transferência de unidade hospitalar, mas, por instabilidade neurológica não reúne condições clínicas seguras para realizar a transferência no momento”, apontou o comunicado. Nesta data, teve piora e chegou a entrar em coma.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.