BUSCAR
BUSCAR
Coluna
Notas e informes: Reacelerando
Redação
06/03/2020 | 17:35

Na avaliação do ministro da Economia, Paulo Guedes, o último resultado do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) mostra que a economia brasileira está “reacelerando”. Segundo ele, na comparação trimestre a trimestre é possível observar que a expansão da produção de bens e serviços foi aumentando ao longo de 2019.

O PIB fechou o ano passado com crescimento de 1,1% frente a 2018. “A economia, que estava a 0,7% [no primeiro trimestre de 2019], foi reacelerando ao longo do ano e terminou o ano já rodando a quase 2%”, disse o ministro ao analisar os números.

Ameaças

A presidente do Sindicato dos Servidores da Administração Direta do Governo do Estado, Janeayre Souto, afirma que está recebendo ameaças por causa de sua atuação contra a proposta de reforma da Previdência Estadual. Ela não detalha, contudo, o teor das mensagens das quais diz estar sendo vítima.

É o último

Em Natal, apenas um vereador até agora decidiu não ser candidato à reeleição este ano. Trata-se do experiente Franklin Capistrano (PSB), que está no 7º mandato na Câmara Municipal. Segundo sua assessoria, é o último.

De saída

O governo brasileiro informou nesta quinta-feira, em portarias publicadas no Diário Oficial, a remoção de quatro diplomatas e 11 funcionários brasileiros da Venezuela. O processo de retirada total ainda pode demorar em torno de dois meses, mas os diplomatas e demais representantes do Brasil em Caracas receberam a confirmação de sua remoção na última quarta-feira.

Vale a pena

A declaração de Imposto de Renda Pessoa Física 2020 é obrigatória apenas para quem ganhou R$ 28.559,70 no ano passado. Mas vale a pena ser entregue para a Receita Federal mesmo que a renda anual não tenha atingido esse patamar. É possível obter restituição de valores descontados no contracheque. Além disso, a declaração serve como um comprovante na hora de pedir empréstimo.

Previdência municipal

A proposta de reforma da Previdência Municipal, cujos termos ainda são analisados pelo prefeito de Natal, Álvaro Dias, deve sugerir mudanças apenas nas alíquotas de contribuição dos servidores. O Município, assim como o Estado, tem até 31 de julho para se adequar às novas normais federais.

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.