BUSCAR
BUSCAR
Coluna
Notas e informes: Queda de servidores
Redação
05/03/2020 | 00:50

O Ministério da Economia divulgou que o número de funcionários públicos registrou em 2019 a maior retração em mais de 20 anos. Segundo a pasta, o contingente desses funcionários caiu mais de 31 mil no ano passado.

Na proposta de reforma administrativa, que está na gaveta do presidente Jair Bolsonaro desde novembro, o governo quer ampliar as formas de contratação pelas regras da CLT, que não garantem estabilidade no emprego. A ideia é que somente os novos servidores de carreiras muito específicas teriam a estabilidade.

Paralisações

Os professores do Estado deflagraram ontem a segunda greve da semana. Primeiro, foram os servidores do Instituto de Previdência, o Ipern.

Das cinzas I

O ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, candidato derrotado para o Governo do Estado em 2018, ressurgiu nas redes sociais para criticar a governadora Fátima Bezerra.

Das cinzas II

Lembrou que o reajuste dado pela governadora dado aos procuradores do Estado, no ano passado, de 16,38%, foi dado de uma vez. Já agora, para os professores, a proposta é de um parcelamento em três vezes.

Impacto

O Governo do Estado calcula em R$ 300 milhões o impacto para os cofres públicos do reajuste de 12,84% para os professores. Isso equivale praticamente a uma folha completa do funcionalismo. E o Estado já deve duas dela.

Novidade

O procurador-geral do Município de Natal, Carlos Castim, tem sido estimulado a disputar um mandato de vereador nas eleições deste ano. A coluna apurou que o partido seria o mesmo do prefeito Álvaro Dias, que, por sua vez, foi convidado a trocar o MDB pelo DEM.

Rompimento à vista

Em Parnamirim, ganhou força nos últimos dias as especulações em torno de um possível rompimento entre o prefeito Rosano Taveira e a vice, Elienai Cartaxo. A separação parece estar cada vez mais perto.

Grande Natal I

Os prefeitos das cidades mais importantes da Região Metropolitana de Natal despontam como favoritos para a reeleição até o momento. Na capital, Álvaro Dias lidera as pesquisas. Em Parnamirim, a indefinição da oposição favorece o prefeito Taveira. Já em São Gonçalo do Amarante e em Ceará-Mirim, Paulo Emídio de Medeiros e o recém-eleito Júlio César Câmara têm boas avaliações.

Grande Natal II

A situação mais complicada parece ser a do prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira. Principalmente após ações desfavoráveis na Justiça.

Definido

Se decidir indicar membros para a comissão especial da reforma da Previdência na Assembleia (ver Pág. 3), a oposição já definiu os nomes: Tomba Farias (PSDB) e Getúlio Rêgo (DEM). O impasse em torno do assunto deve ser resolvido hoje pelo presidente da Casa, Ezequiel Ferreira (PSDB).

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.