BUSCAR
BUSCAR
Prisão
Narcotraficante, conhecido como “Escobar Brasileiro“, é preso na Hungria
No Brasil, foi condenado a 15 anos e três meses de prisão por usar laranjas em empresas de fachada para movimentar R$ 60 milhões.
Redação
21/06/2022 | 17:42

Sérgio Roberto de Carvalho, o Major Carvalho, de 63 anos, foi preso nesta terça-feira, 21, em Hungria, Budapeste. Conhecido como um dos maiores traficantes de drogas do Brasil e do mundo, Carvalho estava na capital húngara com um passaporte falso e não resistiu à prisão.

Ele estava foragido desde 2018, quando chegou a comandar operações internacionais utilizando vários pontos do Brasil, incluindo o Porto de Natal. Segundo processos obtidos pela Tribuna do Norte, o método usado para driblar a Receita e a Polícia Federal era o Rip On/Rip Off, onde o lacre do contêiner era quebrado para a inserção da droga (Rip On), sendo trocado por outro lacre, em um processo realizado sem o consentimento do exportador/importador da carga ilícita.

A Polícia Federal aponta que Major Carvalho comandava uma grande organização criminosa, responsável pelo envio de 45 toneladas de cocaína para Europa, avaliada em R$ 2,25 bilhões, a partir de 2017. Ainda não foi confirmado se ele ficará preso na Europa ou se será extraditado para o Brasil.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.