BUSCAR
BUSCAR
Música
Nara Costa em mais de 30 anos de estrada
Cantora Nara Costa é rosto conhecido na noite natalense, passou por reinvenções ao longo de três décadas de carreira e segue acalentando os corações potiguares
Nathallya Macedo
11/09/2021 | 08:50

Nara Costa tem uma estrela que brilha desde criança. Aos 5 anos, participou de um programa na TV Ponta Negra, dançando lambada e dublando a cantora Sula Miranda. Foi um sucesso. O carisma nato foi percebido por todos e, desde então, a potiguar não desce dos palcos. Ela já é um rosto conhecido na noite natalense e participou de diversos projetos locais que ajudaram a fomentar a cultura do Rio Grande do Norte.

Passo a passo, Nara completou 30 anos de carreira em 2018 e segue conquistando novos admiradores por onde canta. Mais intérprete do que compositora, como ela própria define, a artista tem uma voz doce, mas potente, e que acalenta qualquer coração. Com cinco CDs lançados ao longo das três décadas de estrada, a cantora valoriza os ritmos mais regionais. Em 1997, Nara lançou o primeiro CD intitulado “Balanço Louco” com 8 faixas de forró e 4 axés, com a participação de Dorgival Dantas.

Ela relembra que escreveu a música que dá nome ao álbum aos 6 anos e, mais tarde, adaptou a letra. “Me sinto abençoada por estar na música potiguar e por levar nossa voz para todos os lugares”, disse a cantora ao Agora Entrevista, em uma declaração significativa sobre o fazer artístico. “Forró está na veia, minha família é forrozeira. Comecei a conhecer a MPB quando passei a cantar no shopping Cidade Jardim, pegou um repertório vasto e me apaixonei por Elis Regina, Milton Nascimento, Djavan… e foi assim que conheci de fato a história da nossa música. Como sou intérprete, me entrego 100% ao que faço. Sou eclética, gosto da sonoridade que passa pelo MPB, pelo axé e pela música regional”, pontuou.

Nos últimos tempos, Nara tem focado em parcerias com os colegas da cultura do estado, entregando produções cheias de talentos especiais. “Os artistas potiguares são uma família. A gente sempre se une para que tudo siga fluindo, defendendo nossos compositores e músicos. Participo de um projeto chamado ‘Música potiguar: nosso som tem valor’, por exemplo. Levamos a música para dentro das escolas para fortalecer nossa divulgação”.

Já durante a pandemia, Nara gravou a música “Lençol de Renda”, que segundo ela, é sobre reencontro, sobre abraços, “tudo que a gente queria no momento de isolamento”. Em 2021, lançou, ao lado de Carlos Zens, a canção “Dona Militana”, com letra de Tico da Costa sobre a personagem de São Gonçalo do Amarante – que foi reconhecida como a maior romanceira de versos e histórias do Brasil.

Foi durante o período de isolamento social que Nara começou a fazer lives, as transmissões ao vivo no YouTube, e se apaixonou pela nova possibilidade de interação. “Foram meses muito estranhos, não senti a presença dos fãs. Mas quando comecei a fazer lives, recebi várias mensagens e carinho das pessoas, e me senti lisonjeada. Uma das lives que fiz teve 22 mil visualizações, no chat tinha mais de 500 pessoas ao mesmo tempo. Fiquei muito feliz pelo interesse naquilo que tenho para mostrar. Espero que as lives continuem após a pandemia, porque elas possibilitam essa aproximação”, afirmou.

Ela, que tem como missão de vida promover a música potiguar, pretende continuar na luta. Já esteve no norte da Itália cantando o álbum “Nara Costa em Cena”, passou por vários estados brasileiros e, mais importante, por cada canto de Natal. “Quem sabe, vem um novo EP em breve”, prevê com alegria e disposição para mais de três décadas de carreira pela frente. Para acompanhar, siga no Instagram (@naracostaofi cial).

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.