BUSCAR
BUSCAR
Famosos
Monica Iozzi fala de relacionamento abusivo, sofrimento e revela: “Sentou a mão na minha cara”
Em um relato, ela chegou a dizer que relacionamento " cumpria todos os capítulos da cartilha de um relacionamento abusivo"
O Canal
08/09/2021 | 18:12

Longe das telinhas há algum tempo, Monica Iozzi voltou a dar o que falar nos últimos dias. Isso porque, ao participar do podcast ‘Prazer, Renata’, comandado por Renata Ceribelli no Globoplay, a famosa relembrou a vez em que apanhou de um ex-namorado. As informações são do site O Canal.

A princípio, a atriz explica que era jovem na época que se envolveu com o rapaz. Sendo assim, nunca tinha vivido um relacionamento abusivo na pele, e demorou a evidenciar os sinais de que estava se submetendo a uma situação desesperadora.

“Eu era muito jovenzinha, um relacionamento dos meus primeiros namoros. Cobria todos os capítulos da cartilha de um relacionamento abusivo. Da pessoa te afastar dos seus amigos, questionar a roupa que você usa, te agredir verbalmente, te chantagear, dizer que você não vai conseguir ninguém melhor do que ele e tentar te diminuir. A pessoa quer que você se sinta pior que você é pra você se sentir dependente dela”, contou Monica Iozzi.

Em seguida, a atriz explica que só conseguiu cair na real após o ato da agressão vinda do rapaz. “É um sequestro psicológico, eu me sentia sequestrada por aquela relação. Só fui começar a pensar em cair fora e pedir ajuda, quando fui agredida fisicamente. Até a agressão, eu achava aquilo uma prova de amor. Ela me ama muito, ele me protege muito. Ele perdeu um pouco a cabeça”, disse.

“Eu só comecei a me ligar quando ele realmente sentou a mão na minha cara. Ali eu percebi que o buraco era mais embaixo, e eu acho que é isso que muitas mulheres sofrem, principalmente quando você é jovem, ou então quando você tem filhos com essa pessoa, ou então quando você tem uma dependência financeira”, desabafou Monica Iozzi.

Importância do ensino

Por fim, a ex-contratada da Globo fez questão de explicar o quão importante acha falar sobre relacionamentos abusivos. De fato, caso tivesse aprendido desde jovem sobre o que poderia acontecer em um namoro, ela não teria passado por tal situação.

“A gente sofre assédio a vida inteira. Eu não conheço nenhuma mulher que nunca sofreu assédio. A gente só foi começar a falar sobre isso recentemente. Eu também fui descobrir mais de dois anos depois que eu tinha tido uma relação abusiva. Na época, ela não me parecia abusiva. Faz muitos anos isso, mas é muito importante a gente falar com as nossas meninas e com os nossos meninos porque não adianta você ensinar a menina a se colocar e se proteger e não ensinar para o menino que é errado assediar e agredir”, conta.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.