BUSCAR
BUSCAR
Desabafo
Malabarista viu cadela ser morta por policial: “atirou por maldade”
Artista circense afirmou que policial atirou em sua cadela e deu uma coronhada em outro animal na Praça da Bandeira, na zona norte do RJ
Metrópoles
21/07/2021 | 16:03

A malabarista Mayumi Boletlho Bataches Rodriguez, 21 anos, dona de uma cachorra morta a tiros pelo policial civil Ney Côrtes da Silva na segunda-feira 19 na Praça da Bandeira, zona norte do Rio de Janeiro, afirmou que o agente disparou contra o animal por “maldade”.

Ao jornal O Globo, ela contou que não houve razão para o policial atirar em uma cadela e dar uma coronhada em outra.

“Ele disse que estava com medo de a cachorra morder, mas ele se aproximou dela em um nível que quem tem medo não se aproximaria. Era para fazer maldade mesmo. E a gente quer Justiça, vamos até o final”, disse Mayumi.

O artista circense Fabian Sanchez, 22 anos, disse que o policial xingou o grupo enquanto eles passeavam com os animais.

“Estávamos procurando um lugar tranquilo, com sombra, para passear com nossas cachorras. Nisso, ele começou a falar ‘besteiras’ e ‘preconceitos’, sacou uma arma de trás das costas e ameaçou atirar nas cachorras. Depois que atirou, ele fugiu, porque viu que tinha feito coisa errada”, afirmou.

Policial atirou em cachorro
Policial foi afastado pela Corregedoria da Polícia Civil do Rio

“Ele [o policial] chegou para a gente com muita ameaça, então elas latiram para ele, mas não morderiam. Tanto que, quando a gente chamou, elas vieram de imediato, mas por conta da grade, elas voltaram em direção a ele para poderem voltar por trás. Foi quando ele deu uma coronhada em uma e atirou na outra”, completou Mayumi.

Instrutor de tiros da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), o policial Ney Côrtes da Silva foi afastado pela Corregedoria da Polícia Civil e é alvo de um procedimento administrativo disciplinar.

O caso é investigado pela 18ª DP (Praça da Bandeira).

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.