BUSCAR
BUSCAR
Esporte
Lutadora faz pesagem de calcinha sexy e adversária promete nocaute; veja
Luta pelo cinturão virou uma disputa sobre as diferentes formas de promover o boxe feminino
IG
10/04/2021 | 14:18

A disputa pelo cinturão do peso-galo feminino do WBA virou uma disputa maior fora dos ringues e promete consequências neste sábado.

Isso porque, a lutadora australiana Ebanie Bridges manteve a promessa de se pesar usando uma lingerie sexy e irritou ainda mais a adversária Shannon Courtenay, que prometeu a vitória, em meio a uma discussão da maneira certa de promover o boxe entre as mulheres.

A polêmica Bridges, de 34 anos, defende que usar lingerie durante a pesagem ajuda a “abraçar a sua feminilidade” e que isso atrairá mais atenção para o esporte. Porém, Courtenay, de 27 anos, é contra esse tipo de ato.

“Eu quero mais espectadores pelo motivo correto. Pessoas como Katie Taylor não trabalharam seu traseiro para pavimentar o caminho para que mulheres estivessem aqui. Tenho uma irmã de 14 anos, os meus treinadores têm filhas, tenho uma afilhada, quero passar uma boa imagem. Eu quero mostrar que trabalho duro e dedicação é o que te traz aqui, não ostentando o corpo”, apontou.

Apesar da opinião de Courtenay, Bridges usou lingerie enquanto pesava abaixo do limite do peso galo.

“Eu visto o que me faz sentir sexy e confiante e ela tem o direito de fazer o mesmo. O que importa é o que acontece no ringue, mas se conseguirmos que tantas pessoas assistam, então eu e Shannon podemos mostrar que as mulheres podem lutar. Esse é o meu objetivo, fazer com que as pessoas assistam. A razão pela qual todo mundo está de olho nessa luta é por minha causa”, apontou Bridges.

Lutadora faz pesagem de calcinha sexy e adversária promete nocaute; veja
Lutadora durante pesagem – Foto: Reprodução / Instagram

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.