BUSCAR
BUSCAR
Audiência
Levantamento aponta que streaming já supera TV a cabo no Brasil
Estudo realizado pela Mobile Time mostrou que o Brasil possui 33 milhões de usuários de sites ou aplicativos piratas
BP Money
02/06/2021 | 17:25

No Brasil, em meio às medidas de isolamento devido a covid-19, os serviços de streaming ultrapassaram o número de assinaturas por TV a cabo, segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto QualiBest. Porém as plataformas digitais agora precisam enfrentar a pirataria, que vem crescendo no país, conforme dados da Mobile Time. As informações são do portal BP Money.

De acordo com o Canaltech, o último levantamento realizado pela Mobile Time mostrou que o Brasil possui 33 milhões de usuários de sites ou aplicativos piratas que utilizam desses meios ilegais para assistir conteúdos de televisão por assinatura.

Segundo o B9, o Instituto Qualibest mostrou que 66% dos entrevistados pela sua pesquisa disseram pagar por serviços como Netflix ou Amazon Prime Video, ao mesmo tempo que 40% relataram que ainda são assinantes de TV fechada.

Mesmo após superar a TV a cabo, as plataformas de streaming terão que lidar com o vilão das produtoras de entretenimento, a pirataria. Uma campanha de combate a TV pirata foi iniciada pela Associação Brasileira de TVs por Assinatura (ABTA). A instituição declara que no Brasil a prática ilegal gera a perda financeira anual de R$ 15,5 bilhões, sendo que apenas R$ 2 bilhões são de impostos.

Em dezembro de 2020, a Nafra/Kudelski Group, empresa líder no setor de segurança digital, publicou um ranking global que mostra que o Brasil está no topo da pirataria online, com 648 mil usuários de servidores ilegais.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.