BUSCAR
BUSCAR
Audiovisual
Lemniscata de Balduino
Artista plástico e produtor audiovisual, Pedro Balduino se prepara para lançar um curta-metragem com atrizes e atores potiguares – em uma atmosfera totalmente surreal
Nathallya Macedo
12/08/2020 | 00:23

“Onde residem os limites entre sonho e vida real? No apartamento número 8, realidade e pesadelo nem sempre são duas coisas distintas”. Esta é a sinopse do curta-metragem Lemniscata, que será lançado de forma online no próximo dia 20. Escrito e dirigido por Pedro Balduino, o filme tem como objetivo deixar os espectadores confusos, mas reflexivos.

Explorando a linguagem do surrealismo, a produção tem caráter totalmente fantasioso. “Mesmo nós, dos bastidores, que já assistimos à obra final, temos dificuldades de falar sobre o que se trata. É um experimento contemporâneo que vai surpreender”, conta Pedro em entrevista ao Agora RN. “A ideia surgiu em um sonho, foi algo bem holístico. Escrevi o script em 2017, mas só conseguimos gravar em dezembro de 2019. E toda a filmagem aconteceu em apenas dois dias”.

Inspirado no trabalho de cineastas como David Lynch, David Cronemberg e Juarez Machado, o curta narra a história de uma jovem que chega em casa depois de um longo dia de trabalho. Ao abrir a porta do apartamento 8, onde mora, ela se depara com personagens que não deveriam estar ali – e precisa lidar com a situação.

Lemniscata, que dá nome ao curta, é um símbolo que tem a forma similar ao número 8 deitado (ou infinito ∞), possuindo um importante significado no tarô. “Para mim, há uma relação entre ciclos e ritmos, representando também idas e vindas características da vida. É um conceito que é conectado ao filme de maneira bastante intimista”, revelou Pedro.

Segundo ele, o curta seria lançado em maio, sendo adiado em decorrência da pandemia. “Mas o adiamento foi bom para que a pós-produção fosse executada do jeito correto. O filme, aliás, foi feito de modo especial para os celulares. A proposta da fotografia brinca com proporções e encaixa perfeitamente na configuração retangular das telas”.

O projeto independente é estrelado por Luana Fontes, Débora Araújo, Makarios Maia, Marxime Bardo e Sofia Medeiros. “São rostos já conhecidos na cena potiguar. Todos os envolvidos acreditaram no rascunho e abraçaram a arte”, celebrou. A obra também conta com trilha sonora original desenvolvida pela cantora e compositora Bex. “Ela buscou um lado mais sombrio da música para adaptar ao nosso propósito”.

Artista

Nascido no Rio de Janeiro, Pedro Balduino tem 28 anos e mora em Natal há um bom tempo. Ele cursou artes visuais na UFRN e hoje se considera artista plástico amante do universo cinematográfico. Desde 2012, produziu seis curtas-metragens e, atualmente, se divide entre ilustrações e roteiros (instagram.com/artedobalduino).

Pedro Balduino, 28 anos, é formado em artes visuais pela UFRN. Foto: Andréia Lucynara

Av. Hermes da Fonseca, N° 384 - Petrópolis, Natal/RN - CEP: 59020-000
Redação: (84) 3027-1690
[email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.