BUSCAR
BUSCAR
BBB
Karol Conká de novo? Globo quer edição extra do BBB com participantes rejeitados pelo público
A partir de 2022, Big Brother Brasil pode ter duas edições: a tradicional, no começo do ano, e uma edição extra, em setembro, mesmo período de "A Fazenda"
Redação | Com informações de Em Off
11/05/2021 | 16:50

Segundo o colunista Erlan Bastos, do Em Off, a partir de 2022 poderão ser duas edições do Big Brother Brasil em apenas um ano. Na publicação, Bastos adianta que uma possível segunda edição, que contaria com participantes rejeitados pelo público, deve ser exibida entre setembro e novembro de 2022. Ou seja, vai acontecer após a edição BBB 22, praticamente um aquecimento para o BBB 23.

A intenção da emissora global é também roubar a audiência do reality “A Fazenda”, da Record TV, exibido justamente neste período, além de querer faturar ainda mais com uma edição especial. Ainda de acordo com o colunista, O BBB+ (nome provisório), terá no seu elenco todos os participantes mais rejeitados da atração desde o lançamento do programa.

Seguindo a regra, é possível que alguns dos participantes do BBB 21 que foram cancelados fora da casa possam voltar à casa. Entre eles, Karol Conká, Nego Di e Lumena.

Vão topar?

Esse é o grande desafio da produção do programa: convencer os participantes a retornar a casa onde foram rejeitados. A Globo já encontra certa dificuldade de preencher a cota “camarote” com nomes de fato relevantes.

A coluna Erlan Bastos EM OFF procurou a TV Globo para comentar o assunto, porém, até a publicação deste texto, não houve resposta. Quem é leitor da coluna deve se lembrar que publicamos aqui com exclusividade que Karol Conká iria se apresentar na final do BBB21. Na época, a Globo negou, mas a notícia se confirmou na grande final do reality. Lembrete importante.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.