BUSCAR
BUSCAR
Eleições 2020
Item/Agora RN: Falta de segurança e desemprego são os maiores problemas da cidade, avaliam natalenses
De acordo com a pesquisa, além da insegurança, outro problema que afeta o dia a dia de quem mora em Natal é o desemprego
Redação
01/11/2020 | 08:00

Para a maioria dos natalenses, o principal problema da cidade atualmente é a falta de segurança pública. Segundo o mais recente levantamento da Item Consultoria e Pesquisa, contratado pelo Jornal Agora RN, 14,8% definem a violência como o aspecto mais negativo de se morar em Natal.

A sondagem, que aborda diversos aspectos, traz ainda números da corrida eleitoral para a Prefeitura do Natal e as avaliações das gestões municipal, estadual e federal.

De acordo com a pesquisa, além da insegurança, outro problema que afeta o dia a dia de quem mora em Natal é o desemprego. 12,2% afirmaram à Item que a falta de trabalho é o principal desafio no seu cotidiano.

Os dois problemas já foram retratados em reportagens do Agora RN. No início de outubro, matéria com base em dados do Observatório da Violência (Obvio) apontou que Natal é a cidade mais violenta do Rio Grande do Norte.

Nos últimos dez anos (entre 2011 e outubro deste ano), a capital potiguar registrou 4,7 mil homicídios. O número é mais do que o dobro do registrado em Mossoró, segunda maior cidade do Estado, que no mesmo período teve quase 2 mil assassinatos.

Quanto ao desemprego, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que Natal é a 11ª cidade do País em taxa de desocupação, com 13,8%.

Outros 13 problemas foram mais citados pelos natalenses.

Confira a lista

  • Assalto, violência e falta de segurança: 14,5%
  • Desemprego: 12,2%
  • Falta de acesso a saúde em postos e hospitais: 9,9%
  • Falta de moradia: 9%
  • Corrupção: 5,5%
  • Trânsito: 4,8%
  • Buracos e/ou falta de pavimentação de ruas: 4%
  • Educação nível elementar: 3,3%
  • Transporte coletivo ineficiente: 3%
  • Falta de saneamento básico: 3%
  • Falta de apoio e atenção dos governos: 2,5%
  • Salário mínimo: 2,5%
  • Alta de preços: 2%
  • Atenção e/ou apoio social: 2%
  • Iluminação: 1,5%
  • Outros problemas citados: 3,8%
  • Nenhum problema citado ou não quiseram opinar: 16,5%

Dados da pesquisa

A pesquisa Item/Agora RN entrevistou 1 mil pessoas em Natal entre os dias 22 e 23 de outubro de 2020. A margem de erro é de 3,1 pontos percentuais para mais ou menos, com índice de confiança de 95%. O estudo está registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo RN-08526/2020.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.