BUSCAR
BUSCAR
Violência
Homem agride agente de trânsito após ser multado; STTU emite nota de repúdio
Ação violenta aconteceu na Avenida Hermes da Fonseca, em Petrópolis, Natal, após motorista não concordar com a aplicação de uma multa de trânsito
Redação
21/08/2020 | 13:39

Um agente da Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) foi agredido com socos na última segunda-Feira 17. A ação violenta aconteceu na Avenida Hermes da Fonseca, em Petrópolis, Natal, após motorista não concordar com a aplicação de uma multa de trânsito.

Após discutir com o agente, o homem desferiu socos contra o servidor público. Ao tentar intervir, outro agente de trânsito também foi agredido. A situação foi contornada com a presença de uma guarnição da Guarda Municipal de Natal.

O agressor foi conduzido pela Guarda Municipal à Central de Flagrantes da Polícia Civil. O homem foi preso em flagrante e autuado pelos crimes de lesão corporal, resistência à prisão e ameaça de morte.

Nesta sexta-feira 21, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) veio a público manifestar desagravo e “total indignação à violência cometida contra os servidores públicos”. O agente de mobilidade agredido está há oito ano exercício de suas função, detalhou a STTU.

“Infringir a liberdade e integridade física de um agente público com ameaça, humilhação e agressão física são medidas que não se harmonizam com o respeito aos direitos fundamentais, com o Estado Democrático de Direito e com o respeito às prerrogativas funcionais do servidor público, garantidas por Lei”, detalhou a STTU.

Nota da STTU

Veja a nota de desagravo da STTU

“A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) vêm a público, por meio da presente nota, manifestar desagravo e total indignação à violência cometida contra os servidores públicos, agentes de mobilidade há oito anos que, no exercício de suas funções, foram desacatados por um cidadão.

O ato de violência ocorreu na última segunda-feira (17), quando o agente lavrou o auto de infração ao constatar que o motociclista avançou o sinal vermelho em um cruzamento de grande fluxo de veículos na cidade e, ao solicitar apoio dos demais colegas de trabalho, um segundo agente também sofreu agressão.

Isso demonstra a dificuldade em que a autoridade constituída enfrenta ao cumprir com suas atribuições profissionais. Infringir a liberdade e integridade física de um agente público com ameaça, humilhação e agressão física são medidas que não se harmonizam com o respeito aos direitos fundamentais, com o Estado Democrático de Direito e com o respeito às prerrogativas funcionais do servidor público, garantidas por Lei.

Ressaltamos que o agente de mobilidade exerce uma função pública e, busca por meio de intervenções, garantir a segurança, a ordem e a disciplina, executando a fiscalização do trânsito em geral de veículos e condutores.

O papel do agente de mobilidade, além de aplicar a lei de forma correta, é realizar um trabalho de conscientização para um trânsito mais seguro, evitar acidentes e salvar vidas.”

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.