BUSCAR
BUSCAR
Bastidores
Herói do Brasil na prorrogação, Malcolm esteve perto de perder a Olimpíada
Meia só foi liberado pelo seu clube após corte de Douglas Augusto
O Globo
07/08/2021 | 13:15

Autor do gol do Brasil na prorrogação que garantiu a medalha de ouro na vitória de 2 a 1 sobre a Espanha, o meia Malcom quase não foi para a Olimpíada.

O jogador do Zenit, da Rússia, só foi liberado por seu clube para se apresentar à equipe em Tóquio, no Japão, após o corte de Douglas Augusto, desconvocado após se lesionar.

Malcom foi convocado na lista inicial de André Jardine, mas não tinha liberação para se apresentar no início da preparação em São Paulo.

Naquele momento, a comissão técnica optou por convocar um novo jogador. O cenário mudou com a necessidade de escolher um substituto para a vaga aberta por Douglas.

Malcom se apresentou ao técnico André Jardine no dia 18, em Tóquio. O atacante participou da sétima etapa de preparação da Seleção Brasileira na Sérvia no início de junho.

Entrou em quase todas as partidas desde uma fase de grupos, e se mostrou muito importante para renovar o gás no ataque brasileiro.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.