BUSCAR
BUSCAR
Cultura
Festival Juriti de Música Potiguar começa nesta segunda-feira 17; prêmios totalizam R$ 8,6 mil
O Festival é um projeto cultural aberto a artistas da música de todos os municípios do Rio Grande do Norte e tem como principal objetivo a valorização da arte musical potiguar
Redação
17/05/2021 | 17:05

O 1º Festival Juriti de Música Potiguar que, em decorrência da pandemia da Covid-19, será realizado online, por meio do site www.juriti.art.br, com atividades também transmitidas pela plataforma do YouTube e perfil da produtora do evento, a Juriti Produções, no Instagram (@juritiproducoes).

Acesse o regulamento do Festival.

O Festival é um projeto cultural aberto a artistas da música de todos os municípios do Rio Grande do Norte e tem como principal objetivo a valorização da arte musical potiguar, em tempo de tantas restrições causadas pela pandemia.

Ao todo, serão R$ 8,6 mil em prêmios para as melhores músicas e melhores oficinas online e webinars.

O evento recebeu inscrições de músicas de quaisquer compositores e intérpretes potiguares, de todos os municípios do RN, bastando apenas que comprovem residência no Rio Grande do Norte, com qualquer estilo musical e para acesso de todos.

Idealizado por Heldene Santos e Tiago Luciano, o projeto surgiu como um espaço especial para a cultura da música de todo Estado. “Sempre fomos ativistas culturais. Inclusive, desenvolvemos atividades diversas por meio da ONG AMJUS. Paralelo a isso, criamos a Juriti Produções que, mesmo com fins lucrativos, mantêm o espírito protagonista”, disse Heldene.

“O festival traz uma oportunidade de alguns obterem uma renda por meio das premiações, além de mostrar o trabalho dos artistas”, pontuou.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.