BUSCAR
BUSCAR
Recuperação
Exportações do RN em outubro têm alta de 58,1% em relação ao mês anterior
Exportações do RN no período de janeiro a outubro deste ano ficaram 17,5% menores que no mesmo período de 2019, com melões, sal, fuel oil, melancias e tecidos de algodão sendo os produtos mais exportados
Redação
12/11/2020 | 13:17

Seguindo tendência de recuperação, as exportações do Rio Grande do Norte de outubro ficaram 58,1% maiores que as de setembro deste ano e 12,9% menores que as de outubro do ano passado, com destaque para as exportações de melões, fuel oil, melancias, produtos animais impróprios para alimentação humana e mangas.

Os dados foram divulgados nessa quarta-feira, 11, pela Federação das Indústrias do RN – FIERN, e apesar de mostrarem queda em relação ao volume do mesmo período em 2019, apontam recuperação frente aos novos desafios impostos pela pandemia do coronavírus.

As exportações do RN no período de janeiro a outubro deste ano ficaram 17,5% menores que no mesmo período de 2019, com melões, sal, fuel oil, melancias e tecidos de algodão sendo os produtos mais exportados respectivamente, considerando os itens regulares. Se considerado os itens extraordinários exportados em 2019 essa redução vai para 29,8%.

A variação positiva de outubro em relação a setembro se dá normalmente com o crescimento dos embarques de melões, melancias e neste mês somou-se o embarque de fuel oil, não ocorrido em setembro, além do aumento embarcado de vários outros itens da pauta.

As exportações de melões nesses primeiros meses de safra estão praticamente iguais ao mesmo período do ano passado, enquanto as exportações das melancias estão 30,8% maiores que no mesmo período de 2019.

Na balança comercial as importações ficaram 7,3% maiores e a corrente de comércio 9,1% menor que no mesmo período de 2019.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.