BUSCAR
BUSCAR
Arte
Escultura inexistente é vendida por R$ 95 mil em leilão de arte
Obra foi criada pelo italiano Salvatore Garau e comprador levou um certificado de posse e instruções de conservação
R7
03/06/2021 | 17:36

Um colecionador comprou o que foi descrito como uma “escultura imaterial” feita por um artista italiano. O preço para algo que não pode ser visto ou tocado foi bem salgado: R$ 95.730 (15.000 euros).

Se você está imaginando que uma obra imaterial talvez utilize uma tecnológica de camuflagem avançada, se enganou. A escultura é literalmente um nada, e foi criada pelo artista italiano Salvatore Garau.

“A ausência de matéria é, para mim, um ato de amor para com o desconhecido e o mistério com que quase toda a humanidade está comprometida”, afirmou o autor na descrição da obra, que parece ser um passo adiante do NFT.

Pelo preço pago, o comprador levou um certificado que comprova que ele é o proprietário da obra do artista, que sugere que ela seja guardada em uma sala especial, livre de obstruções em um espaço de 150 × 150 cm, com iluminação própria.

“O sucesso do leilão atesta um fato irrefutável: o vazio nada mais é que um espaço cheio de energia, e mesmo se o esvaziarmos e nada permanecer, de acordo com o princípio da incerteza de Heisenberg de que o nada tem um peso”, afirmou Salvatore ao jornal italiano Il Giorno.

O artista está ainda convencido de que sua obra é melhor que um NFT, uma vez que não necessita de gastos energéticos e também não pode ser reproduzida.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.