BUSCAR
BUSCAR
Perfil
Escritor lança livros interativos no RN
Premiado nacionalmente, poeta e contista Marcos Campos começa o ano com lançamento de três livros e um cordel
Redação
03/03/2021 | 00:51

Velho conhecido da cena literária potiguar, o poeta e contista Marcos Campos inicia o ano de 2021 repleto de lançamentos. São três novos livros: “Algodão Doce”, “Atropelando Papai Noel” e “Absinto”, editados pela Caravela Selo Cultural, e um cordel: Cordel para Capistrano Abreu (2021). Todas as publicações foram produzidas através da Lei Aldir Blanc, em editais no âmbito estadual e municipal.

“Algodão Doce” é composto por contos e crônicas, que perpassam os temas de pandemia, relacionamentos afetivos, policiais e cotidiano. O livro foi lançado ainda no fim de 2020 e já coleciona 17 prêmios, entre eles o primeiro lugar na categoria de contos na Lei Aldir Blanc da Prefeitura do Natal.

Segundo o autor, os contos são sobre sentimentos e percepções de alguns problemas sociais, como o consumo e o efeito manada presente na vida humana, além do último mais recente sofrido por todo ser humano: o isolamento social. Além de referências a muitos outros autores e até mesmo cantores, como Clarice Lispector, Fiódor Dostoiévski, Duke Ellington e Clara Nunes.

“Em meus contos a gente pode encontrar de tudo um pouco, gosto de misturar situações essencialmente potiguares com outras totalmente fora daqui. Costumo brincar que eu não escrevo nada além do que outras pessoas já escreveram, mas escrevo de uma maneira diferente, com outras experimentações nos textos, faço sequestro de letras, imagens e páginas que se interagem. O livro é, sobretudo, interativo”, disse o escritor ao Agora RN.

Lançado em janeiro, “Cordel para Capistrano Abreu” é uma homenagem ao historiador cearense, que se dedicou, sobretudo, ao estudo crítico da história colonial brasileira. Para o autor, sua importância se dá pelo fato de Capistrano de Abreu ter traçado uma escrita “de baixo para cima” sobre a colonização do país e ser um dos grandes estudiosos e conhecedores da linguagem indígena.

“Algodão Doce” está disponível na Livraria Manimbu, no bairro Tirol, e na Cooperativa Cultural, na UFRN, e custa R$50. Já o cordel é cortesia para quem compra algum de seus livros e está sendo doado para instituições da cidade. Os dois outros lançamentos, “Atropelando Papai Noel” e “Absinto”, estão previstos para serem lançados nos meses de março e abril.

O autor

Marcos Antônio Campos tem 69 anos e é formado em Letras, Administração e Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). É membro da Sociedade dos Poetas Vivos e Afins (SPVA-RN), do Instituto Histórico e Geográfico (IHGRN) e da União Brasileiro dos Escritores (UBE-RN). Publicou “Um Bêbado Sonhador” (2016) e “Babel” (2018), além de ser organizador das obras “Pipa” e “Coletâneas pelo País”; foi também colaborador na obra “Terra Brasilis”.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.