BUSCAR
BUSCAR
Bolsa
Com possível vitória de Biden, mercados internacionais têm alta
Apuração parcial da eleição nos EUA mostra que Biden já obteve 264 votos no colégio eleitoral, contra 214 do presidente Donald Trump. Para conquistar a Casa Branca, são necessários 270 votos
Estadão
05/11/2020 | 08:06

As Bolsas da Ásia fecharam em alta generalizada nesta quinta-feira, 5, seguindo o rali de Nova York, diante de sinais de que o democrata Joe Biden poderá se tornar o próximo presidente dos Estados Unidos, reduzindo as incertezas das eleições americanas e favorecendo o apetite por risco.

A apuração parcial da eleição nos EUA mostra que Biden já obteve 264 votos no colégio eleitoral, contra 214 do presidente Donald Trump. Para conquistar a Casa Branca, são necessários 270 votos. O resultado da disputa, no entanto, depende ainda do fim do cômputo de votos em estados que costumam oscilar entre democratas e republicanos. Além disso, o Partido Republicano poderá manter o controle no Senado, tornando mais improvável um grande pacote fiscal em reação à covid-19.

A possível vitória de Biden já havia favorecido as Bolsas de Nova York, que encerraram os negócios de quarta-feira, 4, com ganhos em torno de 1,3% a 3,9%.

Bolsas da Ásia

O Hang Seng liderou os ganhos na Ásia, com salto de 3,25% em Hong Kong, a 25.695,92 pontos, em meio a expectativas de que as tensões entre EUA e China diminuam num eventual governo Biden. Entre os mercados chineses, o Xangai Composto subiu 1,30%, a 3.320,13 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 1,67%, a 2.299,87 pontos.

Em outras partes da região asiática, o japonês Nikkei se valorizou 1,73% em Tóquio, a 24.105,28 pontos, o sul-coreano Kospi teve expressivo ganho de 2,40% em Seul, a 2.413,79 pontos, e o Taiex registrou alta de 0,40% em Taiwan, a 12.918,80 pontos.

Na Oceania, a Bolsa australiana acompanhou o tom positivo da Ásia, e o S&P/ASX 200 avançou 1,28% em Sydney, a 6.139,60 pontos.

Bolsas da Europa

Os mercados acionários europeus têm ganhos nesta manhã em meio às expectativas de que a corrida para a Casa Branca possa estar mais perto do fim, com o democrata Joe Biden flertando com a vitória, e uma eventual judicialização das eleições sem força para conter o apetite por risco. O anúncio de mais estímulos por parte do Banco da Inglaterra (BoE, pela sigla em inglês) diante do avanço da covid-19 e a safra de lucros do terceiro trimestre ajudam no movimento de recuperação.

Às 7h10, no horário de Brasília, o Stoxx-600 tinha alta de 0,78%, aos 366,14 pontos. Impulsionado pela expectativa em torno das eleições nos EUA, o índice pan-europeu está próximo de retomar o patamar visto há duas semanas.

Enquanto a disputa pela Casa Branca deixa as preocupações com o ressurgimento da pandemia em segundo plano, dados econômicos dão mais cor para que os mercados tracem previsões para os próximos trimestres. O destaque desta quinta foram as encomendas à indústria da Alemanha, que subiram 0,5% em setembro ante agosto, o quinto mês consecutivo de recuperação, segundo dados com ajustes sazonais divulgados pela agência de estatísticas do país, a Destatis.

Em Londres, o índice FTSE 100, tinha alta de 0,53%, e o DAX, de Frankfurt, apresentava elevação de 1,20%, também às 7h10 (de Brasília). O CAC 40, de Paris, avançava 1,01%, o FTSE MIB, de Milão, subia 1,78%, e o IBEX 35, de Madri, 1,19%. Na Bolsa de Lisboa, o PSI 20 registrava valorização de x0,64%.

Petróleo

Os contratos futuros do petróleo operam em baixa na madrugada desta quinta-feira, revertendo parte dos robustos ganhos de quase 4% da sessão anterior, em meio às incertezas da eleição presidencial dos EUA. Embora o democrata Joe Biden esteja mais próximo de conquistar a Casa Branca, os republicanos poderão manter o controle no Senado, o que reduz as chances de um grande pacote fiscal em reação à covid-19, doença que compromete a demanda pela commodity. Às 5h21 (de Brasília), o barril do petróleo WTI para dezembro caía 0,77% na Nymex, a US$ 38,85, enquanto o do Brent para janeiro recuava 0,73% na ICE, a US$ 40,93.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.