BUSCAR
BUSCAR
Olímpiada
Com o potiguar Ítalo na briga por medalha, saiba o que acompanhar à noite e na madrugada
Brasil terá dia cheio e com boas possibilidades de triunfo no surfe masculino
O Globo
26/07/2021 | 17:24

Na madrugada de domingo para segunda, o Brasil conseguiu mais uma medalha na Olimpíada de Tóquio, a segunda no skate, dessa vez com Rayssa Leal, a Fadinha, que ficou com a prata na categoria Street. Agora, no quarto dia de competição, a esperança é de que esse número aumente ainda mais, com alguns dos favoritos do país disputando finais, principalmente no surfe. Gabriel Medina e Ítalo Ferreira estão na briga, e vale a pena ficar acordado até mais tarde para não perder um dia que pode ser histórico para o esporte brasileiro. Confira a programação abaixo:

Destaques do dia:

Surfe: Devido à passagem de um tufão pela costa do Japão, as finais do surfe foram antecipadas em um dia. Com isso, Gabriel Medina e Italo Ferreira disputarão as medalhas nesta madrugada. Os dois são os favoritos na competição e começam o dia de disputas a partir de 19h36, quando Medina entra no mar pelas quartas-de-final. Ìtalo disputa sua bateria às 20h12.

Caso avancem, os dois voltam para as semifinais a partir das 23h48. A final do surfe será disputada às 3h46, já no meio da madrugada brasileira.

O Brasil ainda tem uma representante no surfe feminino, Silvana Lima. Ela terá um confronto direto com a tetracampeã mundial Carissa Moore, dos Estados Unidos. Apesar do favoritismo da americana, a brasileira tem se adaptado melhor às ondas do Japão e pode surpreender. Ela entra no mar às 22h36.

Handebol: A seleção brasileira feminina de handebol volta à quadra às 23h para enfrentar a Hungria. O time brasileiro, que está entre um dos melhores do mundo e já foi campeão mundial, empatou com as atuais campeãs olímpicas na primeira rodada, a Rússia. Agora, enfrenta outra pedreira, a Hungria, de quem perdeu no Mundial este ano e também em um amistoso realizado logo antes dos Jogos.

Natação: O Brasil terá um finalista na prova dos 200 metros livre: Fernando Scheffer marcou o oitavo melhor tempo nas semifinais e conseguiu uma das vagas nas finais. Ele irá nadar às 22h43.

Judô: Uma das porta-bandeiras do Brasil na abertura da Olimpíada de Tóquio, Ketleyn Quadros irá disputar uma medalha na categoria até 63kg. Apesar de não ser favorita, Quadros já conquistou um bronze na Olimpíada de Pequim, em 2008, e irá apostar na sua experiência em busca de um segundo triunfo nos Jogos. Sua luta será às 23h35.

Na categoria até 81kg, Eduardo Yudi Santos irá lutar às 0h17.

Tênis de Mesa: Outra possibilidade de medalha do Brasil é Hugo Calderano, no tênis de mesa. Por ser cabeça de chave, Calderano não precisou disputar a primeira rodada da modalidade. Ele faz sua estreia hoje contra Bojan Tokic, da Eslovênia, às 0h. Um pouco mais cedo, outro brasileiro na disputa de simples do tênis de mesa, Gustavo Tsuboi, faz sua segunda partida, contra o nigeriano Quadri Aruna, às 23h.

Vôlei de Praia: Três duplas brasileiras fazem sua segunda partida durante a noite desta segunda-feira e a manhã de terça-feira: primeiro, Alison e Álvaro, às 0h. Depois deles, às 3h, será a vez de Evandro e Bruno Schmidt. Por fim, já pela manhã, às 10h, Agatha e Duda fazem sua segunda partida na Olimpíada.

Outros esportes: Além desses destaques, o Brasil ainda terá representantes em outras disputas ao longo da madrugada: logo no final da tarde, às 18h30, começa o triatlo feminino. Vittoria Lopes e Luisa Baptista estão na disputa. A partir das 0h15, também começam regatas da Vela nas classes 49er FX (feminino), Finn (Masculino) e 49er (Masculino).

Às 3h, Jaqueline Mourão participará da disputa do ciclismo mountain bike.

No boxe, Abner Teixeira faz sua primeira luta às 6h18.

Já pela manhã… vôlei e futebol feminino

Já no início da manhã de terça-feira, será a vez de duas partidas importantes nos esportes coletivos: a seleção feminina de vôlei faz sua segunda partida no torneio após estrear com vitória sobre a Coreia do Sul. A equipe de José Roberto Guimarães enfrentará a República Dominicana e é favorita para mais uma vitória tranquila. A partida começa às 7h40.

Marta comemora seu gol de pênalti no empate com a Holanda Foto: Sam Robles/CBF
Marta comemora seu gol de pênalti no empate com a Holanda Foto: Sam Robles/CBF

Por fim, às 8h30, Marta e companhia farão sua terceira partida em busca do sonho de mais uma medalha no futebol feminino. O Brasil é grande favorito contra a Zâmbia, que perdeu de 10 a 3 na primeira partida contra a Holanda e empatou em 4 a 4 com a China. O Brasil goleou as chinesas na estreia por 5 a 0 e empatou por 3 a 3 com a Holanda. A partida irá definir a posição do Brasil e possivelmente o adversário da seleção na segunda fase.

E não perca: Simone Biles

Mesmo sem o Brasil na disputa por equipes no feminino, vale a pena ligar a televisão às 7h45. Comandada por Simone Biles, a equipe dos Estados Unidos disputa mais uma medalha de ouro na ginástica artística. É mais uma oportunidade de assistir a um dos principais nomes da Olimpíada.

NOTÍCIAS RELACIONADAS
Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.