BUSCAR
BUSCAR
Constrangimento
Homem surdo é impedido de entrar em supermercado por usar máscara transparente que facilita leitura labial
Alisson Fernandes dos Santos tem 43 anos e estava com a esposa, Aline Gonçalves, de 39, em Curitiba, quando a situação ocorreu
Redação
23/08/2020 | 15:41

Um homem surdo foi impedido de entrar em um supermercado em Curitiba por usar uma máscara transparente, de plástico PETG, que permite a leitura labial. Conforme o portal G1 e a RPC, do Paraná, Alisson Fernandes dos Santos tem 43 anos e estava com a esposa, em Curitiba, quando a situação ocorreu.

Doutor em bioquímica, Alisson não fala a Língua Brasileira de Sinais (Libras). Por isso a necessidade do equipamento que facilita leitura labial. Assim como ele, a esposa Aline Gonçalves dos Santos, de 39 anos, estava com uma máscara do mesmo modelo. Equipamento facilita a comunicação do casal.

“Me senti excluído”, disse o homem à RPC. A esposa dele explicou que, logo na entrada, foram em direção à medição de temperatura quando o segurança os barrou e falou que o casal não iria poder entrar com a máscara.

“Nem ofereceram uma alternativa, de repente chamar outra pessoa para conversar ou pedir para um funcionário acompanhar. Nada. Simplesmente assim: ‘Não vão entrar'”, relatou Aline. “Ele trabalha com essa máscara em um hospital de referência, que atende pacientes da Covid-19. Quer dizer, essa máscara oferece proteção. Se não oferecesse, ele já seria um dos contaminados”.

O caso aconteceu no último dia 13.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.