BUSCAR
BUSCAR
Decisivo
Brasil x Peru: onde assistir ao vivo, horário e escalações da semifinal da Copa América
Ambas seleções contam com desfalque: na brasileira, Tite está reticente sobre a substituição de Gabriel Jesus
O Globo
05/07/2021 | 17:57

Após vencer o Chile pelas quartas de final, a Seleção Brasileira enfrenta o Peru, nesta segunda-feira, 5, na semifinal da Copa América, acirrando a busca pelo título. Em cinco partidas, o elenco invicto treinado por Tite conquistou quatro vitórias e um empate, com isso, garantindo o topo da tabela do Grupo B, com dez pontos.

A outra vaga que irá compor a final está entre Argentina e Colômbia e será decidida amanhã, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, às 22h.

Em relação ao dia de hoje, ambos países contam com desfalque: na Seleção Brasileira, Tite está reticente sobre a substituição de Gabriel Jesus, que está fora, após a expulsão no último jogo; já na peruana, André Carrilo está suspenso.

EVERTON - Último jogador brasileiro a entrar no seleto grupo de artilheiros da Copa América, Everton dividiu o destaque da edição de 2019 com o peruano Paolo Guerrero, ambos com 3 gols Foto: Reprodução
EVERTON – Último jogador brasileiro a entrar no seleto grupo de artilheiros da Copa América, Everton dividiu o destaque da edição de 2019 com o peruano Paolo Guerrero, ambos com 3 gols Foto: Reprodução
ROBINHO - O atacante foi artilheiro da edição da Copa América em 2007, com 6 gols Foto: Jorge William / Agência O Globo
ROBINHO – O atacante foi artilheiro da edição da Copa América em 2007, com 6 gols Foto: Jorge William / Agência O Globo
ADRIANO - O centroavante é o maior artilheiro (sete gols) de uma edição da Copa América no século 21 (2004) Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo
ADRIANO – O centroavante é o maior artilheiro (sete gols) de uma edição da Copa América no século 21 (2004) Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo
RIVALDO e Ronaldo foram a segunda dupla brasileira na história a dividir a artilharia de uma edição da Copa América, em 1999 Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo
RIVALDO e Ronaldo foram a segunda dupla brasileira na história a dividir a artilharia de uma edição da Copa América, em 1999 Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo
RONALDO - Artilheiro ao lado de Rivaldo na Copa América de 1999, com cinco gols Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo
RONALDO – Artilheiro ao lado de Rivaldo na Copa América de 1999, com cinco gols Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo
BEBETO - No quarto título de Copa América da seleção brasileira, foi o maior goleador do campeonato de 1989 Foto: Eurico Dantas / Agência O Globo
BEBETO – No quarto título de Copa América da seleção brasileira, foi o maior goleador do campeonato de 1989 Foto: Eurico Dantas / Agência O Globo
ROBERTO DINAMITE - Em 1983, quando o Brasil foi vice, perdendo para o Uruguai, Roberto Dinamite dividiu a artilharia com outros três jogadores: Carlos Aguilera (Uruguai), Jorge Burruchaga (Argentina) e Eduardo Malásquez (Peru) Foto: Jorge Marinho / Agência O Globo
ROBERTO DINAMITE – Em 1983, quando o Brasil foi vice, perdendo para o Uruguai, Roberto Dinamite dividiu a artilharia com outros três jogadores: Carlos Aguilera (Uruguai), Jorge Burruchaga (Argentina) e Eduardo Malásquez (Peru) Foto: Jorge Marinho / Agência O Globo
PELÉ - Na única edição de Copa América de que participou, em 1959, o Brasil não foi campeão. Mas o rei se sagrou artilheiro com 8 gols na competição Foto: Arquivo / Agência O Globo
PELÉ – Na única edição de Copa América de que participou, em 1959, o Brasil não foi campeão. Mas o rei se sagrou artilheiro com 8 gols na competição Foto: Arquivo / Agência O Globo
JAIR ROSA - Entre os brasileiros, Jair Rosa Pinto foi o maior artilheiro em uma edição da Copa América. Jogador marcou 9 gols na edição de 1949 Foto: Arquivo / Agência O Globo
JAIR ROSA – Entre os brasileiros, Jair Rosa Pinto foi o maior artilheiro em uma edição da Copa América. Jogador marcou 9 gols na edição de 1949 Foto: Arquivo / Agência O Globo
HELENO DE FREITAS - Craque balançou a rede por 6 vezes, dividindo a artilharia da competição com Norberto Méndez, da Argentina, em 1945 Foto: Indaiassu Leite / Agência O Globo
HELENO DE FREITAS – Craque balançou a rede por 6 vezes, dividindo a artilharia da competição com Norberto Méndez, da Argentina, em 1945 Foto: Indaiassu Leite / Agência O Globo
MANOEL RECO e ARTHUR FRIENDEREICH (à direita da foto) dividiram a artilharia na edição de 1919, a primeira em que o Brasil se destacou no maior número de gols Foto: Arquivo / Agência O Globo
MANOEL RECO e ARTHUR FRIENDEREICH (à direita da foto) dividiram a artilharia na edição de 1919, a primeira em que o Brasil se destacou no maior número de gols Foto: Arquivo / Agência O Globo

Escalação do Brasil

Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro, Fred, Paquetá, Firmino e Richarlison; Neymar.
Técnico: Tite.

Escalação do Peru

Gallese; Corzo, Ramos, Santamaria, Trauco; Ormeno, Pena,Tapia, Yotun, Cueva; Lapadula.

Local e horário

Brasil e Peru se enfrentam no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, às 20h.

Arbitragem

Árbitro: Roberto Tobar (CHI).
Assistentes: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI).
VAR: Delis Lopez (PAR).

Onde assistir

A partida será transmitida no SBT e pela Rádio CBN.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.