BUSCAR
BUSCAR
Gastança
Brasil gasta mais de R$ 700 bi com pensões e benefícios de militares
Estimativas passaram por alguns aprimoramentos, entre eles está o uso de “tábuas biométricas” que atribui a probabilidade de continuar recebendo o benefícios para cada idade dos atuais e futuros recebedores de pensão. Os dados divulgados têm como data base 31 de dezembro do ano passado
Redação
11/06/2021 | 09:04

O Tesouro Nacional calcula um custo estimado de R$ 703,8 bilhões ao cofres públicos referente ao pagamento das pensões e dos benefícios futuros de militares ativos e inativos das Forças Armadas. Os dados constam no Relatório Contábil do Tesouro Nacional, divulgado nesta quinta-feira, 10.

De acordo com o documento, R$ 405,8 bilhões são dos benefícios que devem ser pagos a militares da reserva. Deste valor, R$ 152,9 bilhões são de benefícios a conceder, destinados aos militares de carreiras e temporários em atividades. Outros R$ 252,9 bilhões são referentes a benefícios concedidos aos que estão na reserva ou reforma. Já o impacto das pensões que serão pagas a militares é de R$ 298,0 bilhões.

As estimativas passaram, segundo o portal Poder 360, por alguns aprimoramentos, segundo o Tesouro Nacional. Entre eles, está o uso de “tábuas biométricas” que atribui a probabilidade de continuar recebendo o benefício (probabilidade de sobrevivência) para cada idade dos atuais e futuros recebedores de pensão. Os dados têm como data base 31 de dezembro de 2020.

Desde a última reforma em 2019, o gasto com o pessoal aumentou 17%. Dados do Painel Estatístico de Pessoal (Pep), do Ministério da Economia, apontam que o aumento nas despesas foi de R$ 5,55 bilhões em 2020.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.