BUSCAR
BUSCAR
Resultado negativo
Brasil deve ter a 14ª maior taxa de desemprego no mundo em 2021, diz estudo
Segundo um levantamento feito pela Austin Rating, com base nas projeções do Fundo Monetário Internacional (FMI), a taxa deve ser de 14,5% neste ano
CNN Brasil
12/04/2021 | 14:40

O desemprego no Brasil deve piorar em 2021, segundo levantamento feito pela Austin Rating. Neste ano, o país deve ter a 14ª maior taxa de desocupação entre 100 países do mundo todo, subindo oito posições —em 2020, o país ocupava o 22º lugar.

De acordo com o estudo, que leva em consideração as projeções do Fundo Monetário Internacional (FMI), uma taxa deve ser de 14,5% neste ano, maior do que a de países como Albânia, Sérvia, Colômbia, Turquia , o Irã e o Suriname.

O estudo é realizado desde 2016, quando o Brasil ocupava a 27ª posição, com uma taxa de 11,3%. A África do Sul, que se tornou o país com a maior taxa de desemprego no mundo em 2019, deve seguir na mesma posição em 2021, com 29,7% de sua população desempregada.

Neste ano, o país com um menor taxa de desocupação deve ser em Tailândia, com 1,5%.

Para 2022, a previsão da Austin Rating é de que a taxa no Brasil caia para 13,2%. Apesar da queda, os outros países devem reduzir ainda mais o número de desempregados, o que fará com que o Brasil suba para a 13ª posição.

A expectativa é que em 2024 o país se recupere um pouco, caindo para a 17ª posição com uma taxa de desemprego de 11,5%.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - redacao@agorarn.com.br
Comercial: (84) 98117-1718 - publica@agorarn.com.br
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.