BUSCAR
BUSCAR
Futebol
Atacante potiguar Bruno Rodrigues é anunciado como novo reforço do São Paulo
Na última temporada, jogador de Ceará-Mirim jogou pela Ponte Preta, na Série B
Redação
18/02/2021 | 00:43

O São Paulo anunciou nesta quarta-feira 17 a contratação do atacante potiguar Bruno Rodrigues, de 23 anos, que disputou a Série B pela Ponte Preta. O jogador assinou contrato de empréstimo até o fim do ano, com opção de compra dos direitos ao final do período.

Bruno Rodrigues foi o artilheiro do time de Campinas na temporada, com 11 gols, além de jogador com mais assistências, 12. Ele tem os direitos ligados ao Tombense-MG, clube do empresário Eduardo Uram.

Segundo o São Paulo, o jogador já passou por exames médicos e esteve no CT da Barra Funda para conhecer a estrutura e os novos colegas de time.
Antes de acertar com o São Paulo, Bruno Rodrigues recusou propostas de renovação com a Ponte Preta e investidas do Cruzeiro, do Ceará e do Fluminense.

Ele é o primeiro reforço do São Paulo para 2021, o primeiro sob a gestão do técnico argentino Hernán Crespo, contratado na semana passada para comandar o time a partir do Campeonato Paulista.

O atacante é natural de Ceará-Mirim, cidade da Grande Natal, e saiu muito cedo do Rio Grande do Norte. Aos 13 anos, foi descoberto e acolhido por Quebra Osso, chegando a morar no alojamento que ficava na churrascaria do empresário e passando a treinar no Santa Cruz de Natal – mesmo clube que revelou Gabriel Veron, do Palmeiras.

Seguiu para as categorias de base do Athlético-PR em 2014, quando tinha 17 anos. No Furacão, chegou a atuar no time sub-23 e no principal, em 2019. Neste período de cinco anos, também chegou a ser emprestado ao Joinville.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.