BUSCAR
BUSCAR
Entrevista
Arraiá “Olha a Cobra” abre festejos juninos em Natal; Gisele Alves comenta importância do forró
Cantora conhecida como a "Galega da Sanfona" fala sobre retomada cultural
Redação
21/05/2022 | 08:00

A abertura dos festejos de São João será antecipada! O Arraiá “Olha a Cobra” promete muito forró, e todos os apetrechos que uma boa festa junina precisa ter já neste sábado 21, na Arena das Dunas. A programação ficará por conta de Gisele Alves, Circuito Musical e Samyra Show.

Os artistas prometem levar para o palco um repertório que vai mexer com todas as lembranças de quem curte a melhor festa do Nordeste. Os ingressos estão disponíveis no site Sympla. Para mais informações acompanhe o perfil @arraiaolhaacobra no Instagram. O Arraiá “Olha a Cobra” tem patrocínio da Prefeitura do Natal, via Lei Djalma Maranhão.

A Revista Cultue bateu um papo com a cantora potiguar Gisele Alves, também conhecida como a galega da sanfona. Confira:

Revista Cultue – O forró é muito forte no Nordeste e tem muitos fãs no RN. Como você avalia essa importância?

Gisele Alves – Então, é uma maravilha pra nós que temos o forró na veia, essa paixão que temos e acredito que seja um privilégio morar em uma região que respira o forró, é muito bom o Nordeste. Eu só tenho a agradecer o carinho dos fãs, essa galera que me segue e veste a camisa da Galega da Sanfona, esse carinho é o combustível pra tudo, é impagável a importância que as pessoas têm para nosso trabalho. É só gratidão mesmo.

Cultue – Para artistas do forró, o São João é o principal evento do ano e costuma lotar as agendas. Como foi passar esse tempo de pandemia sem tantas comemorações e shows?

Gisele Alves – Nossa, o São João. O que falar do São João? Eu nem tenho palavras porque o São João pra gente é a melhor época do ano. É uma época que temos uma agenda muito puxada e trabalhamos muito. Tivemos essa pandemia e passamos dois anos parados e sentimos muita falta, muita saudade de tudo. O São João é bom por tudo, não é bom só pelo forró, a comida típica, mas a energia do público é diferente. Nesse período, o pessoal do backstage, da produção, todo mundo foi afetado, foi um momento muito difícil.

Cultue – Como é voltar agora para os palcos, especialmente durante o período junino? O que podemos esperar no repertório do Arraiá “Olha a Cobra”?

Gisele Alves – Voltar aos palcos tem sido benção de Deus e nesse período junino então… muitas coisas estão voltando agora e voltar nesse período é um presente. É muito bom e estamos com a energia recarregada e baterias extras porque foram dois anos sem nada. Eu queria que esse ano o São João durasse 3 ou 4 meses pra ver se a gente compensa. Mas a gente já fez muita coisa agora nesse mês de maio e vou prolongar até julho. Costumo dizer que eu não tenho um repertório formado. Faço uma mistura de tanta coisa, de forró das antigas, atual, arrasta-pé. Então vivemos um momento de nostalgia no São João. Estou muito feliz em fazer parte da grade do arraiá e estamos com a energia total, expectativa a mil porque vai ser inesquecível.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.