BUSCAR
BUSCAR
6 a 0
América atropela Potiguar de Mossoró e se classifica para a final do 2º turno do Estadual
Vitória fez com que o time americano se classificasse para a decisão da fase e assumisse a liderança provisória da Copa Rio Grande do Norte, torneio que equivale ao segundo turno do Campeonato Potiguar
Redação
14/08/2020 | 22:31

O América venceu o Potiguar de Mossoró por 6 a 0, na noite desta sexta-feira (14), no estádio Nogueirão, em Mossoró. A vitória fez com que o time americano se classificasse para a decisão da fase e assumisse a liderança provisória da Copa Rio Grande do Norte, torneio que equivale ao segundo turno do Campeonato Potiguar. Os gols da vitória americana foram marcados por Carlos Renato, Lelê , Augusto e Wallace Pernambucano, estes últimos duas vezes cada.

O América iniciou a partida pressionando o time mossoroense. Logo aos 13 minutos, o lateral André Krobel tentou fazer um gol olímpico.

As tentativas do alvirrubro só surtiram efeito no final do primeiro tempo. Aos 40, Krobel cruzou, a bola atravessou toda a área e Lelê colocou para o fundo das redes para abrir o marcador.

Poucos minutos depois foi a vez de Lelê cruzar. O atacante encontrou Wallace Pernambucano dentro da área e o matador encobriu o goleiro Ferreira para marcar o segundo do alvirrubro. 2 a 0.

Ferreira, o goleiro do Potiguar, ficou conhecido por ter marcado um gol de falta contra o América, quando ainda jogava pelo Força e Luz, no início do ano. Apesar de ter sofrido seis gols, o arqueiro foi aplaudido de pé por toda a torcida presente na Arena das Dunas.

Logo no início do segundo tempo, aos 4 minutos, Wallace Pernambucano, novamente, balançou as redes para o time americano. Desta vez, após cruzamento de Elias, o atacante aproveitou sobra após tentativa de Augusto para fazer o terceiro.

Parar o time alvirrubro parecia impossível. Mesmo com a vantagem, a equipe manteve o ritmo e Augusto, em dois lances seguidos, fez dois gols para o alvirrubro. O primeiro saiu após linda assistência de Lelê, que deixou o atacante livre para marcar.

Como todo artilheiro precisa de sorte, após cobrança de escanteio, Alisson Brand cabeceou no travessão e a bola bateu em Augusto antes de entrar. 5 a 0, fora o baile.

Já nos acréscimos ainda veio o sexto gol. Carlos Renato, que havia entrado no lugar de Lelê deixou o dele para fechar o marcador no Nogueirão. Classificação garantida com grande estilo.

O técnico Roberto Fernandes não pode contar com o volante Fabiano, o meia Romarinho e o zagueiro Edson Henrique, todos entregues ao departamento médico. Os três tinham sido titulares contra o Globo FC, na última partida.

Está já é a segunda vitória do América em dois jogos, desde o retorno do Estadual. O clube agora alcançou os 13 pontos, sendo oriundos de quatro vitórias e um empate na competição. O time, além de ultrapassar o ABC, que tem 12 e um jogo a menos, fica inalcançável para o Globo, que só tem mais um jogo pela frente e possui 9 pontos.

O duelo entre América e Potiguar no primeiro turno do estadual foi no dia 29 de janeiro. O time americano venceu por 3 a 1, com gols de Tiago Orobó (2) e Adílio. Os dois atacantes deixaram o clube.

De acordo com o pesquisador do futebol potiguar, Marcos Trindade, este foi o confronto de número 140 entre as equipes. O América contabiliza 77 vitórias, contra 25 do Potiguar de Mossoró. Os times empataram 38 vezes. No saldo de gols, a vantagem também é alvirrubra. São 236 gols americanos e 125 gols mossoroenses.

O alvirrubro volta aos gramados na terça-feira (18) para enfrentar o Palmeira. O clube precisa vencer para ir com moral e chances de assumir a liderança final no último jogo do turno, contra o ABC, clube qual provavelmente também disputará o turno.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.