BUSCAR
BUSCAR
Interesse
Fátima pede união dos poderes para tirar o Rio Grande do Norte da crise
Petista visitou o TJRN na tarde da última segunda-feira, 19, para alinhar seus interesses com o Poder Judiciário em busca de colaborações que visem ao progresso do Estado
Redação
20/11/2018 | 09:01

A governadora eleita do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT) pediu a união dos três poderes para tirar o Rio Grande do Norte da crise. A petista visitou o Tribunal de Justiça (TJRN) na tarde da última segunda-feira, 19, para alinhar seus interesses com o Poder Judiciário em busca de colaborações que visem ao progresso do Estado.

Fátima foi recebida pelo presidente, desembargador Expedito Ferreira e outro sete desembargadores da Corte. “Estamos dispostos ao diálogo e abertos à colaboração com o governo do estado”, frisou o dirigente do Poder Judiciário RN, ao receber a governadora em seu gabinete.

Para Fátima Bezerra, “a hora é de solidariedade, de união, e não tenho dúvidas que vou contar com o espírito público dos demais poderes, assim como dos empresários, dos trabalhadores, da sociedade, para que a gente retire o Rio Grande do Norte dessa situação grave em que se encontra”, afirmou a governadora eleita.

Fátima e integrantes de sua equipe de transição foram recebidos pelos desembargadores Expedito Ferreira, Gilson Barbosa, Zeneide Bezerra, João Rebouças, Amaury Moura, Claudio Santos, Dilermando Mota e Saraiva Sobrinho, e pelo secretário geral do TJ Luiz Mariz.

Além da governadora, o deputado federal eleito Fernando Mineiro e o futuro senador Jean Paul Prates participaram do encontro, juntamente com o vice-governador eleito Antenor Roberto, a promotora de Justiça aposentada Arméli Brennand, o advogado Carlos Gondim e os assessores Guia Dantas e Adriano Gadelha.

Sede: Av. Hermes da Fonseca, 384 – Petropolis – Natal – RN – Cep. 59020-000
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.