BUSCAR
BUSCAR
Governo
Fátima confirma que irá a encontro de Bolsonaro com governadores do Nordeste
Governadora eleita lembrou a grave situação financeira pela qual passa o RN e qualificou de “ledo engano” pensar que a crise é do Poder Executivo
Marcelo Hollanda
20/11/2018 | 12:23

A governadora eleita Fátima Bezerra confirmou nesta terça-feira, 20, ao Agora RN, que participará do Fórum dos Governadores do Nordeste que acontece em Brasília nesta quarta-feira, 21, com o presidente eleito Jair Bolsonaro.

“Não sei muito sobre a programação, mas estarei presente ao encontro com o presidente eleito”, disse Fátima, após marcar rápida presença, pela manhã, no Seminário “Desafios para a recuperação da Previdência do Estado do RN”, no Sindicato dos Auditores Fiscais do RN (Sindfern).

Mais cedo, no Twitter, a governadora eleita lembrou a grave situação financeira pela qual passa o RN e qualificou de “ledo engano” pensar que a crise é do Poder Executivo. “A crise é do Estado. Isso causa um efeito dominó na economia.”, escreveu.

No último dia 14, o governador reeleito do Piauí, Wellington Dias (PT), foi o único nordestino a comparecer no fórum dos governadores em Brasília. Bolsonaro participou do final do evento e defendeu “medidas amargas” para contes a crise no País.

Em editorial, com o título “Fátima deve ser a governadora de todos”, publicado no sábado, 17, o Agora RN criticou a ausência de Fátima à reunião, cuja pauta abordou temas de importância para o RN, como a securitização das dívidas dos estados e segurança pública.

Na terça-feira, 19, acompanhada dos colaboradores mais próximos, Fátima participou de encontro de uma hora na presidência do Tribunal de Justiça, quando recebeu a informação de que não haveria sobras orçamentárias a serem devolvidas para o Estado, como esperava a equipe de transição da futura governadora.

A má notícia foi transmitida ao grupo pelo ex-presidente Tribunal, desembargador Cláudio Santos, que estava ao lado do atual presidente, desembargador Expedito Ferreira.

Quando presidia a Corte, saiu de Cláudio Santos a proposta de emprestar R$ 100 milhões das sobras do TJ para o Governo do Estado, mais tarde barrada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Nesta quarta, o deputado Fernando Mineiro (PT), relator do orçamento estadual do ano que vem, comentou ao Agora RN que a informação repassada por Santos não foi nenhuma surpresa.

“Eles (o Judiciário) há anos vem recebendo e vem gastando as sobras”, resumiu.

Uma fonte, que não participa do grupo de transição, comentou que a equipe da governadora eleita saiu do encontro com a impressão de que o desembargador Cláudio Santos foi o único presente na reunião com um domínio maior sobre a questão orçamentária do TJ.

Procurado nesta terça pelo Agora RN, Cláudio Santos não quis falar sobre o assunto.

“Falo sobre qualquer coisa, sobre a Esmarn (Escola da Magistratura do RN, da qual é presidente), mas sobre aquela reunião não tenho absolutamente nada a dizer”, encerrou.

Sede: Rua dos Caicós, 2305-D, Nossa Sra. de Nazaré. Natal/RN | CEP: 59060-700
Telefone: (84) 3027-1690 / 3027-4415
Redação: (84) 98117-5384 - [email protected]
Comercial: (84) 98117-1718 - [email protected]
Copyright Grupo Agora RN. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização prévia.