Apreensão
Carga com 194 mil maços de cigarros contrandeados é apreendida no interior do RN
Apreensão ocorreu em São Paulo do Potengi neste sábado (1º). PRF informou que a carga era, em sua totalidade, de cigarros paraguaios. Um homem foi preso.
Por Redação - Publicado em 02/08/2020 às 09:40

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na madrugada deste sábado (1º), na BR 304, em São Paulo do Potengi, 194 mil maços de cigarros de origem estrangeira sem comprovação fiscal, avaliada em R$ 970 mil. Um homem de 37 anos foi preso durante a ação.

Segundo a PRF, uma equipe de policiais fazia rondas na região, quando abordou um caminhão de cor cinza. Após vistorias, a polícia verificou que a carga transportada era, em sua totalidade, de cigarros paraguaios contrabandeados. O motorista informou que foi contratato por uma pessoa para levar a carga até Macaíba, na região Metropolitana de Natal e que receberia R$ 1 mil pelo serviço de transporte. O homem, que foi preso pelo crime de contrabando, disse não saber o nome do contratante. A ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal em Natal.

Outros casos no RN

Os casos de prisão por contrabando no Rio Grande do Norte têm sido frequentes este ano. Na semana passada, dois homens e uma mulher foram presos também no interior, após a PF cumprir mandados de prisão preventiva e de mandados de busca e apreensão. Nesta operação, a polícia apreendeu carros, caminhão, moto, celulares e R$ 200 mil em espécie. Os presos são a mulher de um comerciante da cidade de Umarizal que já havia sido alvo de diligências em junho e que ainda está foragido, e dois homens, de 38 e 34 anos, irmãos desse mesmo investigado. 

Em maio, policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) prenderem um vereador da cidade de Serrinha dos Pintos, no Oeste potiguar, também por contrabando de cigarros. Macio Ferreira de Aquino, conhecido como “Pato Choco”, foi preso em Parnamirim e com ele, a polícia apreendeu dois veículos, sendo que um estava avaliado em R$ 180 mil reais e o outro era utilizado para transportar os cigarros contrabandeados.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Três são presos por contrabando de cigarros